A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

22/10/2016 10:35

Instalação de LED segue paralisada, com 16 mil lâmpadas no estoque

Richelieu de Carlo
Lâmpadas de LED sendo instaladas na Avenida  Eduardo Elias Zahran em setembro. (Foto: Fernando Antunes)Lâmpadas de LED sendo instaladas na Avenida Eduardo Elias Zahran em setembro. (Foto: Fernando Antunes)
Prefeito Alcides Bernal (PP) entregando prêmio do IPTU. (Foto: Alcides Neto)Prefeito Alcides Bernal (PP) entregando prêmio do IPTU. (Foto: Alcides Neto)

O prefeito Alcides Bernal (PP) afirmou que 16 mil lâmpadas de LED estão em estoque aguardando o fim da suspensão imposta pelo TCE-MS (Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul) para serem instaladas. “A população tem me pedido a instalação dessas lâmpadas”, afirmou, após entrega de prêmios do IPTU, na manhã de sexta-feira (22).

Veja Mais
Polêmicas, lâmpadas de LED mudaram a cara da Afonso Pena
Prefeitura é multada em R$ 24 mil e para instalação de lâmpadas de LED

O TCE ainda avalia recurso da Prefeitura. “Essa suspensão só atrapalha a vida da população”, reclama Bernal.

O Tribunal diz não ter pressa na analise que deve ser cuidadosa. “O TCE está zelando pela efetividade do dinheiro público”, informou a assessoria do órgão.

Substituição – A implantação das lâmpadas de LED, que começou no início de setembro, é resultado de licitação promovida pela Associação dos Municípios da Bacia do Médio São Francisco. A empresa Solar foi a vencedora, na modalidade menor preço. O valor total do contrato é de R$ 33,8 milhões, para troca de 30 mil lâmpadas em Campo Grande.

A pedido da Câmara Municipal de Campo Grande, o TCE solicitou o cancelamento de toda a instalação até que licitação seja analisada em detalhes, já que pode gerar "desperdício" de recursos.

Segundo o órgão, há indícios de irregularidades na contratação dos serviços da empresa Solar. O Tribunal alega que este serviço não se trata apenas de uma simples reposição de lâmpadas e sim uma alteração no sistema de "rede de iluminação", portanto não podendo "pegar carona" em licitação alheia, da Associação dos Municípios da Bacia do Médio São Francisco. 

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions