A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

26/10/2016 11:21

Quadrilha que se conheceu em presídio e presa por roubo de caminhonetes

Viviane Oliveira e Julia Kaifanny
Quadrilha foi apresentada na Defurv, nesta manhã. (Foto: Julia Kaifanny)Quadrilha foi apresentada na Defurv, nesta manhã. (Foto: Julia Kaifanny)

Cinco homens suspeitos de cometerem roubos de veículos e a residências em Campo Grande foram presos. Três integrantes do bando se conheceram no presídio e estavam foragidos da Colônia Penal.

Veja Mais
Bandidos invadem igreja, amarram fiéis e fogem levando objetos e caminhonete
Temporal deixa rastro de destruição após ventania, enchente e alagamento

Durante coletiva de imprensa nesta manhã na Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos, foram apresentados Juliano da Silva Queiroz, 34 anos, Erivaldo Medina Paniago, 32 anos, Iago Romão de Almeida, 23 anos, Alexandre Roak da Silva 26 anos, e Kaye Fernando Araújo Nakayana, 23 anos.  

Conforme o delegado Gustavo Ferraris, um dos roubos cometidos pelo grupo, ocorreu no dia 24 de setembro, por volta das 18h30, na Rua Jerônimo Carvalho, na Mata do Jacinto, região Norte. Na ocasião, os bandidos renderam um casal que chegavam em casa em uma caminhonete Triton Mitsubishi L200.

Os bandidos entraram na casa e amarraram as vítimas. Uma delas chegou a ser agredida a golpes de martelo. Os assaltantes estavam divididos em dois carros, um Gol e um Fiesta. Enquanto Alexandre levava a caminhonete para o Paraguai, o restante da quadrilhava roubava os objetos da casa e mantinham refém o casal.

Após o crime, o bandido fugiu levando eletrodomésticos, televisão e joias. “Eles foram organizados e violentos”, diz a autoridade policial. A caminhonete Triton foi recuperada dias depois em um local próximo ao Paraguai.

Delegado Gustavo, responsável pelas investigações. (Foto: Julia Kaifanny)Delegado Gustavo, responsável pelas investigações. (Foto: Julia Kaifanny)

Prisão - A quadrilha foi desmantelada quando Juliano, Alexandre e Kaye foram presos por policiais do Batalhão de Choque no começo deste mês. Na ocasião, eles invadiram uma igreja, amarraram os fiéis e fugiram levando relógios, alianças, celulares, dinheiro e uma caminhonete Hilux S-10. O crime ocorreu por volta das 22h30, na Rua Engenheiro Alírio de Matos, na Vila Jacy.

Segundo o delegado, com a prisão deles foi possível possível identificar o restante do grupo. “A investigação já estava bem avançada e, com a prisão deles conseguimos localizar e prender Erivaldo e Iago”, afirma Gustavo.

A quadrilha é suspeita de ter cometido pelo menos cinco crimes dessa natureza em um mês. Juliano, Iago e Erivaldo se conheceram quando estavam presos na penitenciária. As investigações continuam para saber se tem mais gente envolvida com o grupo criminoso. Todos vão responder por roubo e formação de quadrilha.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions