A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

09/01/2011 13:20

Concursos abrem 10,8 mil vagas no Brasil com salário de até R$ 8 mil

Jorge Almoas

Petrobrás tem oportunidades para Mato Grosso do Sul

A semana começa com a abertura de 14 concursos públicos em todo o Brasil, que oferecem 10.831 vagas para cargos em todos os níveis de escolaridade. Os concursos são para preenchimento imediato de vagas e também para cadastro de reserva.

A Petrobrás abre seleção para vagas distribuídas nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Sergipe, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Paraíba, Amazonas, Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Alagoas, Pernambuco, Maranhão, Pará, Goiás e Santa Catarina.

O concurso tem 838 vagas, sendo 220 para nível superior e 618 para nível médio. As inscrições estarão abertas de 10 a 27 de janeiro e poderão ser feitas através do site www.cesgranrio.org.br. Para nível médio, a taxa de inscrição é de R$ 30,00. Para nível superior, é de R$ 45,00.

No Estado de São Paulo, os concursos são para Câmara de Leme, Departamento de Água e Esgoto de Santa Bárbara D’Oeste, Instituto de Pesquisas Tecnológicas de SP e Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André.

Há seleções ainda para as prefeituras de Caicó (RN), Pindaré Mirim (MA), Piratini (RS), Santa Helena (MA), Santana do Paraíso (MG), Joanésia (MG) e Campo Verde (MT), que também seleciona para a Câmara Municipal.

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino do Amazonas tem concurso para 7.657 em todos os níveis de escolaridade.

Na terça-feira o Banco do Brasil abre inscrições para a seleção de escriturários em 48 cidades do Acre, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima e Sergipe.

O salário é de R$ 1.280,10, mais gratificação semestral de 25%, paga mensalmente. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

Falta de vagas frustra quem procura emprego temporário
Nas agências de emprego, candidatos reclamam da falta de vagas. Confira algumas oportunidades em aberto....
Concursos em MS somam 264 vagas e salários de até R$ 12,6 mil
São mais de 260 vagas disponíveis em concursos em Mato Grosso do Sul, com salários de até R$ 12,6 mil. Há oportunidades em nível fundamental, médio e...
Com 47 vagas, Prefeitura continua com inscrições abertas de concurso público
Terminam no dia 29 de dezembro as inscrições de concurso público para a Prefeitura Municipal de Bandeirantes, distante 70 quilômetros de Campo Grande...
Concurso de Câmara com 15 vagas inscreve até o dia 16 de dezembro
Câmara Municipal de Bonito, está com 15 vagas abertas em concurso público com salários de até R$ 7.219,27. As inscrições devem ser realizadas até o d...



governo centralizador com muitas obras.........../////////?}
 
roberto dos santos braga em 10/01/2011 12:04:39
PO O CONCURSO DA PM NEM INSPIROU O PRAZO E ELE QUER FAZER OUTRO..
 
ROBERT SOUZA em 10/01/2011 11:39:00
É isso aí pessoal, é só votar no italiano que dá nisso... quem mandou??? Agora é aguentar e fazer concurso federal, quaaaando tiver vaga para MS e o pior, geralmente tem 1, 2 vagas...
 
Domingos Arruda em 10/01/2011 11:02:42
Concursado no governo estadual é igual casamento: quem tá fora quer entrar, quem tá dentro quer sair... Quem avisa, amigo é!
 
Ana Paula em 10/01/2011 08:38:16
Concurso para o Estado de MS esta mais dificil que cabeça de bacalhau.... so sai gente e nada de entrar..vamos ver ate quando vai isso.
 
AGRICIO ARAUJO em 10/01/2011 07:43:41
Há mais de seis anos não temos aqui no Estado concurso para professores. Acho que já passou da hora de o (des)governador realizar um nessa área. Todos sabem que quanto mais professores convocados é melhor para o Estado pois, paga-se menos tributos, não cria vínculo empregatício e em época de eleição tornam-se cabos eleitorais baratos. Será que nesses seis anos nenhum professor se aposentou, pediu afastamento ou pediu exoneração?
 
silas fauzi em 10/01/2011 07:12:40
É frustante olhar sites de concursos e constatar que tem mesmo muitas vagas, mas para o MS NUNCA!, e se temos vagas, não passam de duas. Temos ótimos profissionais, pessoas muito bem preparadas e que gostariam muito de trabalhar em nosso estado. Não entendo, afinal o marketing governamental se vangloria que somos um estado em ascensão. O "negócio" é esperar...ou aprender a votar!
 
cristiana morais em 10/01/2011 06:35:58
Estou formada pela UFMS desde junho/2007 e até hoje não consegui fazer concurso no Estado de MS pois não tem concursos decente. Vou ter que fazer no Sul e Nordeste para tentar mudar de vida. Parabéns "Governador" pelo seu interesse com seus eleitores.
 
Adriana Auxiiadora Toledo Miranda em 10/01/2011 04:30:05
Concursos para área de educação pública? Como assim Srs? Investir em educação? Estão loucos? Nesta área eles investem apenas o piso, o obrigatório!!! Acha que vão investir em educação de qualidade, em formar opiniões e cidadãos fortes, para num futuro próximo terem dores de cabeça. É obvio que não, o que os nossos gorvernantes gostam é de filantropia, de gente mendigando por casas da EMHA e AGEHAB, mendigando nas filas dos postos de Saúde com os filhos nos braços, porque aí eles aparecem com SuperHeróis e "ajudam" o pobre cidadão, coitadinho "não teve oportunidade!". É lamentável viver num país como este e ter governantes como os que temos. Lámentável !!!

 
Mauricio Almeida em 10/01/2011 01:48:49
Pelo visto concursos no Estado não vai acontecer mesmo. Ouve-se muitas especulações políticas próximas as eleições. Mas atitudes prática que é bom... nem sinal. É decepcionante por mais que já esperássemos atitudes como estas das pessoas que administram este estado. Lamentável.
 
André Neves em 10/01/2011 01:13:08
Aqui não temos muitos concursos, a maioria dos cargos públicos sào ocupados por terceirizados e comissionados, para garantir voto depois para quem está no poder. Todos indicados e quem quer passar que vá para outro estado.
 
mendeli rocha em 09/01/2011 11:51:21
No Mato Grosso do Sul que é bom nada não é? O mercado da construção civil transformou a cidade em um verdadeiro canteiro de obras, é dever do Estado acompanhar esse crescimento, investindo nossos impostos de forma que crie uma estrutura que nos forneça saúde, educação, segurança e serviços indispensáveis para a manutenção da teia social.
 
MARCOS VINICIUS BENITEZ em 09/01/2011 03:48:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions