A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

16/10/2013 18:36

Indústria e agropecuária causam pior geração de empregos em 8 anos

Zana Zaidan
Indústria de Três Lagoas ainda gerou empregos em setembro, com 95 novas vagas em todos os setores no município (Foto: João Garrigó/Arquivo)Indústria de Três Lagoas ainda gerou empregos em setembro, com 95 novas vagas em todos os setores no município (Foto: João Garrigó/Arquivo)

A geração de empregos formais em Mato Grosso do Sul é a menor registrada em oito anos, conforme levantamento divulgado hoje (16) pelo Ministério do Trabalho. O número de postos de trabalho abertos em setembro deste ano apresentou o pior resultado desde 2005.

Veja Mais
Com 47 vagas, Prefeitura continua com inscrições abertas de concurso público
Concurso de Câmara com 15 vagas inscreve até o dia 16 de dezembro

Foram 961 novos empregos gerados, enquanto, em setembro de 2009, ano em que o mês atingiu pico na abertura de novas vagas, o número chegou a 2.238. Em relação a setembro de 2012, quando foram criados 1.131 postos, houve redução de 15%, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Emprego e Desemprego).

O desempenho fraco do mercado de trabalho pode ser motivado pela indústria, setor que perdeu 268 postos. O mesmo acontece com a agropecuária, que registrou retração ainda maior, de 407 vagas.

Mesmo com o resultado inferior em relação aos últimos anos, a admissão de trabalhadores em setembro foi maior do que no mês de agosto. Foram 961 novos trabalhadores com carteira assinada no Estado, crescimento de 0,19%. Os setores que mais contrataram foram a construção civil, seguida do comércio.

Em relação às cidades que mais contrataram, Campo Grande lidera o ranking (909), seguida de Corumbá (115), Três Lagoas (95), Coxim (41) e Aquidauana (40). O Ministério do Trabalho avalia a relação de admitidos e demitidos apenas nas cidades com mais de 30 mil habitantes e, por isso, também vigoram no ranking Ponta Porã, Dourados, Naviraí, Paranaíba e Nova Andradina.

Com 47 vagas, Prefeitura continua com inscrições abertas de concurso público
Terminam no dia 29 de dezembro as inscrições de concurso público para a Prefeitura Municipal de Bandeirantes, distante 70 quilômetros de Campo Grande...
Concurso de Câmara com 15 vagas inscreve até o dia 16 de dezembro
Câmara Municipal de Bonito, está com 15 vagas abertas em concurso público com salários de até R$ 7.219,27. As inscrições devem ser realizadas até o d...
Encerram no dia 16 inscrições de concurso de Prefeitura para 122 vagas
Terminam no dia 16 de dezembro as inscrições de concurso público da Prefeitura de Angélica, distante 263 quilômetros de Campo Grande, para preencher ...
UEMS recebe inscrições de dois processos seletivos para professores
A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) está com as inscrições abertas de dois processos seletivos para a contratação temporária de doce...



Quando o cidadao fala mal do bolsa familia ja se vê o tamanho da sua ignorância. O país só cresce e a dilma será reeleita ano que vem. Ponto.
 
joao nobre em 17/10/2013 10:15:16
COM A CRIAÇÃO DE "BOLSAS" PELO GOVERNO FEDERAL INCENTIVANDO A VAGABUNDAGEM, DIFICILMENTE O RESULTADO SERIA OUTRO!
O BRASIL ESTÁ RETROCEDENDO E A POPULAÇÃO ESTÁ "CEGA" COM A "LIBERDADE" DE SE FAZER O QUE QUER SEM TER COMPROMISSO COM NADA!
 
Paulenir de Barros em 17/10/2013 07:47:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions