A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

15/07/2015 12:21

Justiça isenta Eldorado das responsabilidades trabalhistas de terceirizada

Liana Feitosa

A Justiça do Trabalho determinou que a empresa Eldorado Brasil Celulose não tem responsabilidade sobre débitos trabalhistas da empreiteira terceirizada por ela. A divergência surgiu porque a Eldorado contratou empresas do setor de construção civil para construir uma fábrica em Três Lagoas, cidade a 338 quilômetros de Campo Grande, mas a contratada não efetuou todos os pagamentos trabalhistas aos funcionários.

Veja Mais
Prefeitura abre dia 12 processo seletivo para contratar professores
Governo publica gabarito preliminar do concurso para procurador

Assim, vários trabalhadores ajuizaram ação contra as empreiteiras responsáveis pela obra, solicitando, entre outros pedidos, a declaração de responsabilidade solidária da Eldorado sobre seus direitos trabalhistas.

A decisão foi tomada pela Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região. Segundo o redator do processo, desembargador Nicanor de Araújo Lima, na espécie de contrato firmado não há qualquer vínculo jurídico entre o dono da obra, que é a Eldorado, e os empregados do empreiteiro.

Regra - Nesse caso, o artigo 455 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) exclui o dono da obra pela obrigação trabalhista, e que deve ser suportada pelo empreiteiro ou subempreiteiro.

Consta nos autos da ação trabalhista que a Segunda Turma reconheceu a responsabilidade da Eldorado e afastou a aplicação de orientação jurisprudencial do TST (Tribunal Superior do Trabalho) sob o fundamento de que a obra contratada pela Eldorado estava essencialmente ligada às questões sociais da empresa.

No entanto, a Primeira Turma entendeu a questão de outra forma e retirou da Eldorado a responsabilidade sobre os empregados da terceirizada.

Explicação - Para isso, usou o argumento de que o contrato da terceirizada não gera responsabilidade à Eldorado quanto às obrigações trabalhistas da contratada, salvo se o dono da obra for empresa construtora ou incorporadora, o que não ocorre em razão da atividade comercial desenvolvida pela Eldorado, que é fabricar e vender celulose.

"Nesses termos, inexiste responsabilidade da empresa Eldorado Brasil Celulose S.A. quanto aos débitos trabalhistas da empresa prestadora de serviço", disse o desembargador.

Prefeitura abre dia 12 processo seletivo para contratar professores
Prefeitura Municipal de Japorã, distante 487 quilômetros de Campo Grande, abre no dia 12 de dezembro processo seletivo para contratar professor tempo...
Governo publica gabarito preliminar do concurso para procurador
Divulgado o gabarito preliminar da prova objetiva do Concurso Público para Procurador do Estado. A lista está no Diário Oficial do Estado desta terça...
Com salários de até R$ 2,9 mil, prefeitura continua com inscrições abertas
Encerram no dia 29 de dezembro as inscrições de concurso público para a Prefeitura Municipal de Bandeirantes, distante 70 quilômetros de Campo Grande...
Cadastramento para professores temporários da Reme já está aberto
Foi aberto nesta segunda-feira (5) e vai até o dia 20 de janeiro de 2017 o cadastramento e seleção de professores temporários interessados em compor ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions