A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

07/06/2016 19:27

Novos concursos federais não serão autorizados neste ano e nem em 2017

Ivan Richard e Wellton Máximo, da Agência Brasil

Ao divulgar hoje (7) os novos limites de empenho e pagamento do governo para este ano, o ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, reafirmou que a aprovação de reajustes para o funcionalismo público já estavam previstos e não comprometem o ajuste fiscal.

Veja Mais
Assembleia assina com empresa que vai realizar 1° concurso da história
Prefeitura emite nota sobre falso concurso divulgado nas mídias sociais

Sobre a realização de concursos públicos, o ministro informou que não serão autorizados novos certames neste ano, nem no próximo.

Segundo Oliveira, o reajuste dos servidores é inferior à inflação, o que permitirá que o desempenho da folha fique abaixo da inflação. "Os reajuste estão plenamente de acordo com o ajuste fiscal que estamos fazendo. O que foi acordado foram reajustes satisfatórios de reposições da inflação, que seão aplicado só em agosto e já estavam previstos".

Sobre o congelamento dos concursos, Oliveira disse que a Lei Orçamentária, enviada ao Congresso Nacional ainda pelo governo Dilma Rousseff, já limitava a realização de novos certames para contratação de pessoal. "A lei previu que não haveria novas autorizações de concursos. Para 2017, a mesma regra. Existem concursos que já estão abertos e vão ter continuidade".

Concursos têm mais de 600 vagas com salários de até R$ 8 mil
Com inscrições abertas nesta segunda-feira (6), concursos têm mais de 600 vagas, em Mato Grosso do Sul. Há oportunidades para os níveis fundamental, ...
Concurso com 71 vagas e salários de R$ 1,1 mil inscreve até o dia 17
A Prefeitura Municipal de Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande, reabriu as inscrições para contratar 71 agentes comunitários de saúde....



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions