A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

24/07/2014 13:27

O 1° canteiro de obras com capacitação beneficiará mais de 100 trabalhadores

Luciana Brazil e Viviane Oliveira
Durante assinatura do termo de adesão, Isabel diz estar ansiosa para começar a estudar. (Foto: Marcos Ermínio)Durante assinatura do termo de adesão, Isabel diz estar ansiosa para começar a estudar. (Foto: Marcos Ermínio)

O primeiro canteiro de obras a receber capacitação profissional e aumento de escolaridade em Mato Grosso do Sul, por meio do Compromisso Nacional para Aperfeiçoamento das Condições de Trabalho na Construção Civil, deve beneficiar mais de 100 trabalhadores de uma construção com 300 funcionários, segundo informou o diretor de relações internacionais da MRV, Sergio Lavarini.

Veja Mais
Funsat oferece nesta quinta vagas para digitador, mecânico e pintor de móveis
Com 122 vagas e salários de R$ 12,6 mil, inscrição para concurso encerra dia 11

Ao todo, 25 vagas serão disponibilizadas inicialmente. A obra, em andamento no bairro Pioneiros, em Campo Grande, deve durar dois anos, sendo inaugurada em 2016. Neste período, outras vagas serão destinadas aos funcionários que queiram estudar. “Os que tiveram interesse já vão começar a estudar amanhã”, disse Sergio.

Os alunos vão frequentar às aulas de segunda a quinta-feira, uma hora por dia. O ensino escolar acontece em parceria com Sesi e a capacitação profissional, em parceria com o Senai. Na remuneração não terá desconto, mesmo com o trabalhador se ausentando das atividades por uma hora.

Conforme o presidente do Sintracom (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário de Campo Grande), José Abelha, as diretrizes do Compromisso Nacional, diminuem a informalidade, diz ele se referindo ao recrutamento e seleção que devem ser feitos apenas por meio do Sine (Sistema Nacional de Emprego). “Isso é bom para o trabalhador, ele só tem a ganhar, já que fica amparado pela lei”. 

Histórias- Concluir os estudos faz parte dos sonho de Isabel dos Santos, que aos 48 anos só sabe assinar o próprio nome. A mulher que saiu de Juazeiro, na Bahia, e viu em Campo Grande a oportunidade de mudar de vida, torce para que as aulas logo comecem no canteiro de obras da MRV. Trabalhando como meio oficial de pedreiro na construção, ela diz que não sabe como juntar as letras, mas deixa clara a vontade de crescer.

A vida na roça impossibilitou a conclusão dos estudos e Isabel só foi até a 4° série. Ao visitar a filha na Capital, ela decidiu ficar na cidade depois de conseguir emprego na construtora e agora tem a chance de estudar no próprio local de trabalho.

“Meu sonho é apreender a ler. Já perdi muita oportunidade por ser quase analfabeta. E recentemente perdi a oportunidade de fazer um curso de informática. Estou muito ansiosa para estudar e pretendo estudar até o 9° ano e abraçar a oportunidade que a empresa está dando”, diz. A vontade de Isabel é “crescer para ganhar um salário melhor”. “Hoje, eu ganho um salário minimo”.

José Francisco quer aproveitar os cursos de capacitação.José Francisco quer aproveitar os cursos de capacitação.

Outro nordestino, há três anos em Campo Grande, diz que a iniciativa da MRV vai motivar os trabalhadores. O maceioense José Francisco Santos da Silva, 41 anos, trabalha como pedreiro há oito meses na empresa.

Com o primeiro grau concluído, José quer fazer cursos de capacitação. Ele pretende mudar de função, subir na carreira. “Quero fazer vários cursos para ter um diferencial. Os cursos vão ajudar na vida profissional porque ao mesmo tempo que estou ajudando a família, ganhando dinheiro, também estou me qualificando”. “Assim como eu, outros funcionários vão se motivar a fazer”.

Compromisso- O Compromisso Nacional para Aperfeiçoamento das Condições de Trabalho na Construção Civil é uma iniciativa do governo Federal, firmado entre governo e entidades sindicais e patronais, que prevê melhorias na construção civil, beneficiando os trabalhadores do setor. Campo Grande terá o primeiro canteiro de obras de Mato Grosso do Sul alinhado a esse compromisso nacional. A MRV Engenharia, a única construtora do país a aderir ao acordo, inaugurou hoje o primeiro canteiro, no Parque Castelo de San Marino, no Bairro Pioneiros.

Além da capacitação profissional e o aumento na escolaridade, outras quatro diretrizes norteiam o Compromisso Nacional - o recrutamento e seleção de trabalhadores por meio do Sine (Sistema Nacional de Emprego), a presença de um representante sindical no canteiro que possa ouvir as demandas da categoria e resolvê-las junto à empresa, uma estrutura de relacionamento com a comunidade e a formação de uma Comissão de Saúde e Segurança do Trabalho, com estrutura ambulatorial na construção. Em alguns casos, a construtora não precisa alinhar à obra a todos os requisitos.

Funsat oferece nesta quinta vagas para digitador, mecânico e pintor de móveis
A Funsat (Fundação Social do Trabalho) oferece nesta quinta-feira dezenas de vagas de emprego em Campo Grande. As oportunidades são para digitador, m...
Com 122 vagas e salários de R$ 12,6 mil, inscrição para concurso encerra dia 11
A Prefeitura de Fátima do Sul, distante 246 km de Campo Grande, encerra no dia 11 de dezembro, as inscrições para o concurso com 122 vagas e salários...
IFMS abre edital para especialização gratuita em oito cidades de MS
O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) lançou processo seletivo para o curso de especialização em Docência para Educação Profissional, Cien...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions