A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

16/06/2011 17:17

Para diminuir fila, Superintendência do Trabalho aumenta expediente

Ângela Kempfer

A Superintendência do Trabalho e Emprego em Mato Grosso do Sul alterou o horário de funcionamento para agilizar a emissão de carteiras de trabalho e seguro desemprego.

A partir da próxima segunda-feira, o funcionamento será ininterrupto, das 7h30 às 17h30, para os setores de protocolo, emissão de carteiras de trabalho, seguro desemprego, abono salarial e orientações trabalhistas.

A SRT lembra que a distribuição das senhas para o seguro desemprego será feita a partir das 7h para o atendimento até às 13h, e a partir das 12h para o atendimento vespertino.

Sest Senat abre inscrições para cursos gratuitos para caminhoneiros
O Sest Senat Campo Grande abriu inscrições para dois cursos gratuitos voltados para motoristas. Para se inscrever é necessário ir até a unidade da Ca...
SAD divulga lista de convocados em cargo de técnico em nível superior
Foi publicado nesta terça-feira (17) a lista dos aprovados na análise curricular para o processo seletivo da SAD (Secretaria de Administração e Desbu...
Universidade abre quase 2 mil vagas em cursos gratuitos de capacitação
A universidade Uniderp está com 1,9 mil vagas em aberto para os interessados em participar de cursos de qualificação. A aulas começam no dia 26 de ja...



Estão de Parabéns a Superintendência do Trabalho,por alterar o horário de atendimento.Acho mesmo que esses profissionais tenham que trabalhar o dIa todo,e ainda
melhorar o atendimento,tem alguns senhores e senhoras de lá,que em pleno atendimento ficam de conversinhas e tomando café,e os trabalhadores ficam lá agonizando na espera para ser atendido,isso porque é um Direito nosso.Seria ótimo ir fiscalizar de perto se realmente vai ter mesmo profissional atendendo no horário de almoço por exemplo.
 
Janni Milleni em 17/06/2011 07:25:05
Na minha opinião a SRTE de Campo Grande anda sobrecarregado aqui capital, já que outros orgãos de atendimento ao trabalhador (Funsat, Funtrab...) prestam alguns dos atendimentos que o MTE faz. E muitas pessoas não tem esse conhecimento, sem saber da grande demanda desses serviços na sociedade e assim criticam o MTE. Mas essa é uma boa inicitiva, e poderia ser seguida por outros orgãos públicos. Apesar da população quase nunca buscar informações sobre isso, muito provavelmente o MTE ficará as moscas.
 
Geovanna Lopes em 17/06/2011 03:09:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions