A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

16/06/2011 17:17

Para diminuir fila, Superintendência do Trabalho aumenta expediente

Ângela Kempfer

A Superintendência do Trabalho e Emprego em Mato Grosso do Sul alterou o horário de funcionamento para agilizar a emissão de carteiras de trabalho e seguro desemprego.

A partir da próxima segunda-feira, o funcionamento será ininterrupto, das 7h30 às 17h30, para os setores de protocolo, emissão de carteiras de trabalho, seguro desemprego, abono salarial e orientações trabalhistas.

A SRT lembra que a distribuição das senhas para o seguro desemprego será feita a partir das 7h para o atendimento até às 13h, e a partir das 12h para o atendimento vespertino.

Termina hoje inscrição de processo seletivo da UFMS para professor substituto
Terminam hoje as inscrições de processo seletivo da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) para 12 vagas. As oportunidades são para profes...
Inscrições para seleção de professores do IFMS segue até o dia 11
Profissionais interessados em participar do processo seletivo do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul), podem se inscrever até o próximo dia...
Prefeito autoriza realização de concurso público para Procuradoria Geral
O prefeito Alcides Bernal (PP) autorizou a realização de concurso público para a PGM (Procuradoria Geral do Município). De acordo com a publicação do...



Estão de Parabéns a Superintendência do Trabalho,por alterar o horário de atendimento.Acho mesmo que esses profissionais tenham que trabalhar o dIa todo,e ainda
melhorar o atendimento,tem alguns senhores e senhoras de lá,que em pleno atendimento ficam de conversinhas e tomando café,e os trabalhadores ficam lá agonizando na espera para ser atendido,isso porque é um Direito nosso.Seria ótimo ir fiscalizar de perto se realmente vai ter mesmo profissional atendendo no horário de almoço por exemplo.
 
Janni Milleni em 17/06/2011 07:25:05
Na minha opinião a SRTE de Campo Grande anda sobrecarregado aqui capital, já que outros orgãos de atendimento ao trabalhador (Funsat, Funtrab...) prestam alguns dos atendimentos que o MTE faz. E muitas pessoas não tem esse conhecimento, sem saber da grande demanda desses serviços na sociedade e assim criticam o MTE. Mas essa é uma boa inicitiva, e poderia ser seguida por outros orgãos públicos. Apesar da população quase nunca buscar informações sobre isso, muito provavelmente o MTE ficará as moscas.
 
Geovanna Lopes em 17/06/2011 03:09:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions