A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

04/09/2013 16:38

Prefeitura reabre inscrições de processo seletivo para contratar médicos

Edivaldo Bitencourt

A Prefeitura de Campo Grande reabriu, nesta quarta-feira, o processo seletivo simplificado para a contratar 170 médicos. Eles poderão se inscrever de até sexta-feira (6). Apesar do edital ter sido publicado hoje, as inscrições estão abertas desde segunda-feira (2).

Há vagas para plantonista, médico ambulatorial, médico ambulatorial pediatra, ambulatorial ginecologista e obstetra e médicos para o Programa Social da Família.

A convocação terá duração de seis meses, com possibilidade de reconvocação. As inscrições poderão ser realizadas das 8 h às 11 h e das 13h30 às 17 h, no Departamento de Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde Pública, localizada na rua Bahia, 280, Jardim dos Estados.

O salário base do médico plantonista está fixado em R$ 2.352,07, o mesmo valor do médico com 20 horas. Já o profissional com 40 horas semanais tem vencimento base de R$ 4.704,14. Os salários poderão ter acréscimo de acordo com gratificações relativas ao trabalho realizado pelos médicos nas unidades.

Conforme o Edital 25/2013, assinado pelo secretário municipal de Saúde, Ivandro Corrêa Fonseca, as inscrições podem ser feitas na Sesau.

No entanto, a prefeitura não divulgou quantas vagas não foram preenchidas durante a primeira seleção, realizada em julho.

MS tem 95 vagas abertas em concursos públicos com salários de até R$ 5,1 mil
Concursos com editais abertos em Mato Grosso do Sul somam 95 vagas nesta semana e salários de até R$ 5,1 mil. Há oportunidades para todos os níveis d...
Com salários de até 5 mil, quatro concursos estão com inscrições abertas
Com salários de até 5.123, quatro concursos estão com inscrições abertas em Mato Grosso do Sul. Há vagas para pessoas com formação no ensino fundamen...
UEMS recebe inscrições para processo seletivo de docentes até dia 27
Com vagas abertas em processo seletivo para contratação de docentes, a UEMS (Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul), recebe inscrições até o di...



O Sr. Ivandro Corrêa precisa de melhor estruturas, pois não tem onde acomodar os doentes e nem onde tirar um RX...
 
Silas Antonio em 05/09/2013 07:53:17
Com um salário lixo desses as autoridades do SUS ainda se fazem de bobas e dizem não saber o motivo da falta de médicos. Os gestores precisam ter vergonha na cara e oferecer um salário digno, exigir competência e compromisso dos médicos com a população, aí então as coisas começam a melhorar. Fora isso, é só ir em Cuba ou em um outro comunismozinho falido e pegar escravos do regime que estão passando privações em seus países e trazer pra fazer de conta que estão atendendo. Até quando vamos ficar olhando tentando tirar o foco do problema real da saúde brasileira!?
 
laercio miranda em 04/09/2013 17:25:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions