A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

19/03/2012 15:09

Sistema com problema dificulta entrada no seguro-desemprego

Mariana Lopes

Serviço de preenchimento de vagas também foi prejudicado com a falha

Trabalhadores aguardam atendimento na Funsat (Foto: Marlon Ganassin)Trabalhadores aguardam atendimento na Funsat (Foto: Marlon Ganassin)

Há cerca de três semanas, um problema ocorrido no sistema do Ministério do Trabalho e Emprego tem dificultado muitos trabalhadores dar entrada no seguro desemprego em todo o Brasil. O serviço de preenchimento de vagas também foi prejudicado com a falha.

Segundo a coordenadora de intermediação de emprego da Funsat (Fundação Social do Trabalho), Mirian Maluly, todos os órgãos que utilizam o sistema do MTE passam pelo mesmo problema, mas não é frequente. “Tem hora que conseguimos concluir o processo, senão o trabalhador tem que voltar no outro dia”, explica.

Já quem não consegue ser atendido, preciso ficar no órgão até o final do expediente para receber uma senha e garantir atendimento preferencial no dia seguinte.

Pela terceira vez em uma semana, Andreia Correia Torres, 33 anos, chegou à Funsat às 7h30 desta segunda-feira (19) e até às 11h não tinha previsão para ser atendida, devido ao problema. Ela havia acabado de receber a notícia de que o sistema estava fora do ar novamente. “Já perdi a manhã inteira e não sei se serei atendida ainda hoje”, reclama.

No caso de Claudio Roberto Lobo, 30 anos, a saga em busca de uma oportunidade de emprego começou em Atibai, em São Paulo. Ele veio do interior paulista para morar com o irmão em Campo Grande e desde lá sofre com o sistema do MTE.

“Fiquei quatro dias tentando dar entrada no meu seguro desemprego lá, mas não consegui. Cheguei aqui na sexta-feira e hoje já vim tentar preencher o cadastro de emprego, mas parece que o problema é geral”, conta.

Em Campo Grande, apesar da situação, Mirian garante que o número de atendimento reduziu apenas 10%.

Claudio enfrentava o mesmo problema em São Paulo (Foto: Marlon Ganassin)Claudio enfrentava o mesmo problema em São Paulo (Foto: Marlon Ganassin)

Excesso de dados - De acordo com informações da assessoria do MTE, a Dataprev alega que a instabilidade nos dados do Cadastro Nacional de Informações Sociais ocorreu devido ao acesso de informações de todos os trabalhadores brasileiros e sem o qual não é possível fazer os cruzamentos de dados necessários para a concessão do seguro desemprego.

Ainda segundo a Dataprev, a situação está normalizada e os lotes de pagamento de seguro desemprego estão sendo processados normalmente.

UEMS recebe inscrições para processo seletivo de docentes até dia 27
Com vagas abertas em processo seletivo para contratação de docentes, a UEMS (Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul), recebe inscrições até o di...
Inscrições abertas para 21 cursos gratuitos de capacitação
Pessoas com Ensino Médio completo e interessadas em se especializar para entrar no mercado de trabalho, podem se inscrever para participar dos 21 cur...
Inscrições abertas para 140 vagas em quatro cursos gratuitos de capacitação
Estão abertas as inscrições para quatro cursos gratuitos de qualificação profissional, oferecidos pelo Senac. São 140 vagas disponíveis e os interess...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions