A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

24/10/2016 18:09

Governo libera R$ 6,8 milhões para reconstruir pontes destruídas pela chuva

Anny Malagolini
Ponte sobre o Rio Amambai, na MS-487, caiu no dia 2 de dezembro e foi concluída no meio deste ano (Foto: Roney Minella)Ponte sobre o Rio Amambai, na MS-487, caiu no dia 2 de dezembro e foi concluída no meio deste ano (Foto: Roney Minella)

O governo do Estado autorizou nesta segunda-feira (24), conforme publicação do Diário Oficial, a reconstrução de seis pontes localizadas na região sul. Todas elas fazem parte da lista de estragos causados pela intensa chuva que caiu em Mato Grosso do Sul em dezembro de 2015 e maio deste ano. Os investimentos somam R$ 6,8 milhões.

Veja Mais
Advogados no MS serão atendidos em caravana da OAB a partir de quarta
IFMS oferece 280 vagas para cursos técnicos em quatro cidades

O maior valor, de R$ 2 milhões, será repassado para a construção da ponte de concreto sobre o Rio Brilhante, na Rodovia MS-156, com extensão aproximada de 120 metros. A empresa responsável pelo empreendimento é a Comércio e Indústria brasileira de estruturas pré moldadas LDT, e terá o prazo de 180 dias consecutivos para finalizar a obra.

A mesma empresa ganhou a licitação de outras três reconstruções de pontes, que juntas somam R$ 1,5 milhão em obras. Serão R$ 664 mil para a construção de ponte de concreto armado sobre o Córrego Cedilha, no Assentamento Água Viva. Mais R$ 894 mil para a reconstrução da ponte sobre o Rio Jogui, em Coronel Sapucaia e construção da ponte de concreto sobre o Córrego Gramado, em Tacuru, por R$ 641.489,24.

A Construtora Ferreira Ltda. será encarregada de construir a ponte sobre o Rio Amambai, estrada vicinal, Salto Pirapó, ao custo de R$ 1.902.288,79 e a Atrativa Engenharia LTDA. ficou responsável pela construção de ponte sobre o Córrego Damacuê em Bela Vista, ao custo de R$ 765.411,08 .

Os recursos são oriundos do do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul), que desde o mês passado tem sido utilizado e obras de drenagem, pavimentação e construção de rodovias. Até então, o fundo garantia o custeio exclusivamente de empreendimentos voltados para o escoamento da produção agropecuária.

Advogados no MS serão atendidos em caravana da OAB a partir de quarta
A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) promove na próxima semana em Mato Grosso do Sul a Caravana Nacional das Prerrogativas, ação que tem como objeti...
IFMS oferece 280 vagas para cursos técnicos em quatro cidades
O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para 280 vagas em cursos técnicos de nível médio gratuitos nos município...
Sorteio da Mega-Sena de sábado pagará ao vencedor prêmio de R$ 9,6 mi
O apostador que acertar sozinho os seis números da Mega-Sena, que será sorteada no sábado (10), na praça Nossa Senhora Aparecida, em Vilhena (RO), pa...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions