A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

21/06/2012 18:55

A pé, bombeiros buscam motorista desaparecido em rio com ajuda de capataz

Paula Maciulevicius e Viviane Oliveira

Jaime trabalha como empreiteiro na fazenda do secretário de Obras, João Antônio De Marco

Rodinei com o filho de três anos nos braços. (Foto: Rodrigo Pazinato)Rodinei com o filho de três anos nos braços. (Foto: Rodrigo Pazinato)

O Corpo de Bombeiros está no local onde uma S-10 caiu no início da noite de hoje, no rio Piraputanga, cinco quilômetros depois de Terenos. Os três passageiros, Rodinei Vieira, 31 anos, a esposa Cristina, 28 anos e o filho do casal de 3 anos conseguiram sair porque a janela estava aberta. O motorista, Jaime Gomes, de 50 anos, está desaparecido.

Rodinei e Jaime trabalham na fazenda Vertente, na região e seguiam para a propriedade. Segundo Rodinei, esta foi a primeira vez que passou pelo trecho, uma estrada de chão, porque onde costuma transitar estava com muito barro.

O acidente aconteceu na hora em que o motorista fazia a curva. Jaime perdeu o controle do veículo e caiu no rio Piraputanga. Na queda, Rodinei conseguiu abrir a porta e tirar a mulher e o filho. “Quando vi a camionete foi abaixo”, relata.

Pela escuridão no nas margens do rio, os bombeiros estão realizando as buscas à pé. Cinco militares estão sendo guiados por Admilson Machado da Silva, 58 anos, capataz na fazenda Piraputanga. O rio está cheio devido a chuva e a correnteza muito forte.

Jaime trabalha como empreiteiro e construía casas na fazenda que, segundo o administrador da fazenda Silvério Timóteo Calvis, 65 anos, é de propriedade do secretário de Obras, João Antônio De Marco. O Campo Grande News está no local e acompanha as buscas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions