A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

03/11/2014 11:32

Acadêmicos da UEMS fecham rodovia em protesto contra dívida de transporte

Luciana Brazil
Alunos bloqueia a pista desde a madrugada. (Foto: O Pantaneiro)Alunos bloqueia a pista desde a madrugada. (Foto: O Pantaneiro)
Acadêmicos usam galhos para fechar a rodovia. (Foto: O Pantaneiro)Acadêmicos usam galhos para fechar a rodovia. (Foto: O Pantaneiro)

Em protesto contra o transporte universitário, acadêmicos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) de Aquidauana, a 135 quilômetros de Campo Grande, bloquearam a rodovia Aquidauana/Cera, sentido Camisão, na madrugada de hoje (3). De acordo com o site O Pantaneiro, a manifestação continua durante a manhã e os estudantes usam galhos para bloquear a via. Os alunos aguardam a chegada do prefeito José Henrique Gonçalves (PDT) para discutir sobre a negociação.

Veja Mais
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
Carreta transportando combustível bate em carro e uma pessoa morre

Os estudantes alegam que a prefeitura do município teria se comprometido a arcar com 50% do valor destinado à empresa responsável pelo transporte. Em 2013, o compromisso foi cumprido, no entanto, o repasse deste ano ainda não foi efetuado, como informou o site O Pantaneiro.

A empresa de transporte, Tuca Transportes de Campo Grande, deveria receber o restante do recurso do Caefa (Centro Acadêmico de Engenharia Florestal de Aquidauana). Segundo o site O Pantaneiro, a dívida já chega a R$ 91 mil.

Os alunos pagam hoje pelo serviço a mensalidade de R$ 75. Os manifestantes afirmam que, a partir de novembro, a empresa Tuca Transportes cobrará o valor integral da mensalidade e acrescentará, de 30 em 30 dias, o débito dos meses anteriores. Com isso, os estudantes passariam a pagar R$ 150 do valor integral e mais R$ 75 a cada 30 dias para quitar a dívida.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions