A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

12/05/2014 16:54

Acidente com ônibus em rodovia de SP fez pelo menos três vítimas de MS

Mariana Lopes
Renato Parron Abril estava fora de Campo Grande, viajando a trabalho, desde o dia 8 de maio (Foto: Arquivo Pessoal)Renato Parron Abril estava fora de Campo Grande, viajando a trabalho, desde o dia 8 de maio (Foto: Arquivo Pessoal)

Além do motorista Renato Parron Abril, 40 anos, que morreu no acidente na madrugada de hoje, na rodovia paulista Castelo Branco, na SP-208, mais dua vítimas de Mato Grosso do Sul foram identificadas entre os passageiros do ônibus, mas sofreram ferimentos leves.

Veja Mais
Motorista de Campo Grande morre em acidente com ônibus que vinha de SP
Homem foge depois de agredir enteado e esposa grávida de cinco meses

Os passageiros que moram em cidades do interior do Estado são Elaine Russo, 38 anos, que é de Nova Andradina, e Gladstone Coelho Saraiva, 54 anos, de Aquidauana. Renato morava em Campo Grande e estava fora da Capital, viajando a trabalho, desde a última quinta-feira (8).

De acordo com a Polícia Civil de Avaré, cidade próxima de onde ocorreu o acidente, alguns passageiros ainda não tiveram a cidade de origem identificadas, portanto, pode ser que tenham outras vítimas de Mato Grosso do Sul.

Segundo o setor de tráfego da viação Motta, o ônibus saiu de São Paulo e seguiria até Ponta Porã. Na matéria anterior, o Campo Grande News publicou que itinerário da viagem terminaria em Bela Vista, mas a cidade do interior do Estado seria somente uma parada para desembarque de passageiros. A viação não se pronunciou sobre as vítimas e nem sobre a causa do acidente.

Velório – Segundo Justino Abril, pai de Renato, o corpo do motorista foi liberado na tarde de hoje e deve chegar à Capital por volta da 1h da madrugada deste terça-feira (13). Avaré fica a 788 quilômetros de Campo Grande.

O velório será na Pax Real, localizada na avenida Bandeirantes, e começará com a chegada do corpo. O sepultamento está previsto para às 16h de amanhã, no cemitério Memorial Park.

Renato morava em Campo Grande, e saiu de viagem na quinta-feira passada, dia 8 de maio. De acordo com o Justino, daqui da Capital, ele foi para Presidente Prudente, onde parou para descansar e seguir viagem novamente até São Paulo. Na capital paulista, ele parou novamente e teve um dia de folga, antes de retornar a Mato Grosso do Sul, na noite de ontem.

Acidente – Conforme informações da Polícia Rodoviária de São Paulo, o ônibus bateu na traseira de um caminhão, na rodovia Castelo Branco, na SP-280, próximo a Avaré. Renato foi arremessado para fora fora do veículo e morreu no local.

No ônibus haviam oito passageiros, sendo pelo menos dois de Mato Grosso do Sul, e todos sofreram ferimentos leves. Eles foram socorridos e encaminhados para a Santa Casa de Avaré, onde receberam atendimento médico e foram liberados. O motorista do caminhão não ficou ferido.

O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Avaré. A perícia ainda não divulgou a causa do acidente.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions