A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

04/05/2011 20:06

Acusado de tráfico oferece suborno para não ser preso

Paulo Fernandes
Thiago Macedo de Almeida possui várias passagens pela políciaThiago Macedo de Almeida possui várias passagens pela polícia

Surpreendido pela Polícia Civil em sua casa, com grande quantidade de cocaína, Thiago Macedo de Almeida, de 23 anos, ofereceu dinheiro para os policiais para não ser preso ontem, em Água Clara.

De acordo com a polícia, ele não chegou nem a falar em valores e foi imediatamente preso e levado para a delegacia.

A polícia monitorava a casa de Thiago quando um homem que deixava a residência, percebendo a presença da polícia se desfez de cinco papelotes de cocaína e saiu correndo.

Diante do indício de tráfico de drogas, os policiais entraram na casa, encontraram Thiago e uma adolescente e passaram a procurar por entorpecentes.

No quarto, foi encontrado um pote plástico com 75 papelotes de cocaína prontos para serem vendidos e uma porção maior ainda não separada, pesando 101 gramas.

Thiago recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e corrupção de menores, quando disse para a polícia que “queria fazer um acerto”. Agora, ele terá que responder também por corrupção ativa.

O acusado possui várias passagens pela polícia, inclusive por tráfico de drogas.

Comércio de Ponta Porã funcionará em horário especial neste fim de ano
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
MPF entra com ação para garantir pesca e extração à comunidade ribeirinha
Foi ajuizada ação civil pública pelo MPF (Ministério Público Federal) para garantir o direito a pesca de subsistência e extrativismo sustentável da c...



Parabéns á midia por colocar a foto desse traficante para conhecermos. Mas os mesmos não podem dar previlégios quando se trata de contraventores da "alta". Em Bonito uns meses atrás foi pegos. alcoolizados, o vereador do município, Pedro Pereira Duarte , e o assessor de imprensa da Assembleia Legislativa, Edson Rufino de Oliveira Martins Neto, e não colocaram as fotos dos mesmos.. O que não pode é a midia dar previlégios para pessoas influentes, pois nese caso até por embriagues correu na Delpol como "segredo de justiça". http://www.campograndenews.com.br/cidades/reveillon-em-bonito-teve-prisao-de-vereador-e-assessor-da-assembleia
 
Kamél El Kadri em 05/05/2011 09:10:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions