A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

06/07/2013 15:57

Acusado diz que matou enfermeiro porque ele queria fazer sexo

Mariana Lopes
José Augusto Simões, vulgo Zé Doido, está preso em Costa Rica (Foto: Hora da Notícia)José Augusto Simões, vulgo Zé Doido, está preso em Costa Rica (Foto: Hora da Notícia)

O acusado de matar o enfermeiro Elias Oliveira da Silva, de 32 anos, assumiu o crime e se apresentou à polícia nesta sexta-feira (5), após ter uma foto divulgada na imprensa. Ele confessou que matou porque a vítima disse que queria fazer sexo com ele.

Veja Mais
Motorista embriagado atropela ciclista e foge sem prestar socorro
Rapaz foge de policial a paisana e abandona mochila com 18 kg de droga

O corpo do enfermeiro foi encontrado na última quarta-feira (3), dentro do banheiro de uma casa em conrtução, localizada na rua E, no Jardim Colorado, em Costa Rica, cidade distante 305 quilômetros de Campo Grande.

José Augusto Simões, 23 anos, vulgo Zé Doido, se apresentou para a delegada de polícia Larissa Nakaya Macchi, na delegacia de Andradina, cidade do interior de São Paulo e distante aproximadamente 400 quilômetros de Costa Rica.

Na manhã de hoje, os policiais de Costa Rica e do Garras (Grupo Armado de Repressão a Assaltos, Roubos e Sequestros) de Campo Grande foram até a cidade paulista buscar o acusado e o encaminharam para a delegacia da cidade onde o crime aconteceu, onde ele foi ouvido pelo delegado Cleverson Alves dos Santos.

Embora tenha dito que está arrependido do crime, Zé Doido confessou que matou o enfermeiro com um pedaço de madeira. Ele ainda alegou que estava bêbado e tinha usado drogas.

Segundo o acusado, ele havia saído de uma zona e se encontrou com a vítima em uma padaria da cidade. De lá, os dois foram para a obra, onde o enfermeiro disse que queria fazer sexo com ele, conforme o relato de Zé Doido. “Ele disse que queria pau, peguei uma madeira e dei na cabeça dele”, disse o acusado.

Depois do crime, Zé Doido contou que foi para Chapadão do Sul, Paranaíba e chegou a Andradina, onde se entregou depois de tomar conhecimento que estava com a prisão decretada.

Ele teve a prisão decretada pelo juiz da comarca, Marcus de Abreu Magalhães e vai responder pelo crime preso. O delegado indiciou o acusado por homicídio qualificado. Se for condenado, Zé Doido poderá pegar pena de 12 a 30 anos de prisão. (Com informações do Hora da Notícia)

Motorista embriagado atropela ciclista e foge sem prestar socorro
Guinovaldo Aguiar Gama, de 53 anos, foi preso em flagrante depois de ter atropelado um ciclista na região central de Itaporã, 227 quilômetros de Camp...
Rapaz foge de policial a paisana e abandona mochila com 18 kg de droga
Homem fugiu deixando uma mochila com 18 quilos de maconha, depois de ser abordado esta manhã (10) por um policial a paisana na rodoviária de Ponta Po...
Marido agride mulher e tenta se enforcar em seguida, mas vai preso
Depois de agredir a esposa, de 45 anos, homem de 26, tentou se enforcar, mas acabou preso, esta noite (10) em Vicentina, a 255 quilômetros de Campo G...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions