A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

06/05/2015 12:30

Alunos de Eletrotécnica do IFMS visitam usina para conhecer produção elétrica

Liana Feitosa
Estudantes percorreram o parque gerador e conheceram a sala de controle.(Foto: Divulgação / UTE LCP)Estudantes percorreram o parque gerador e conheceram a sala de controle.(Foto: Divulgação / UTE LCP)

Para saber como funciona o processo de geração de energia elétrica, alunos do curso de Eletrotécnica do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) foram até a UTE LCP (Usina Termelétrica Luís Carlos Prestes), em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Força Nacional vai continuar por mais 30 dias em área onde índio foi morto
Apenas 60% dos inscritos no Enem participam da segunda prova em MS

Os 18 estudantes do 3º período, com idade entre 15 e 17 anos, percorreram o parque gerador e conheceram a sala de controle. Nesse local, as operações, as caldeiras e as turbinas são monitoradas em quesitos como pressão, temperatura e geração instantânea.

Durante a visita, eles foram guiados pela gerente setorial de Segurança, Meio Ambiente e Saúde, Ágatha Comineti, que ressaltou a importância do estudo como garantia de trabalho no futuro. “Nesta unidade, temos técnicos que começaram como vocês. A demanda por profissionais com esse perfil existe, e conquistar uma vaga depende exclusivamente da dedicação de cada um”, disse a gerente.

É o caso do ex-aluno de eletrotécnica Marcelo Dantas, 22 anos. Formado no Centro Paulo Souza, ele foi aprovado no concurso da Petrobras e, há três anos, atua como técnico em manutenção elétrica na UTE LCP.

Em outro ponto da visita, os estudantes conheceram os programas ambientais desenvolvidos pela unidade em Três Lagoas. Entre eles, o gerenciamento de emissões atmosféricas e o monitoramento do ar, da fauna, dos ruídos, do lençol freático e do lago Jupiá.

Não é raro o local receber visitas. Em abril deste ano, 171 jovens do projeto Gerando Futuro, patrocinado pela Petrobras, visitaram a usina. Antes disso, em março, acadêmicos de engenharia mecânica da Unesp (Universidade Estadual de São Paulo), de Ilha Solteira (SP), conheceram o processo de geração de energia na UTE. Líderes comunitários também já participaram de ações no local. Ao todo, a usina foi conhecida por 240 visitantes em 2015.

Trabalhador morre ao sofrer descarga elétrica durante conserto de bomba d'água
José Antônio Farias, 51, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto arrumava uma bomba d'água às margens de uma lagoa, no distrito de Lagoa Bo...
Ciclista morre ao ser atingido por vários tiros disparados por dupla em moto
Wellington Ronaldo de Souza, 34, foi morto a tiros ao ser abordado por dois homens que estavam em uma moto. O homicídio aconteceu às 20h30 de domingo...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions