A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

20/04/2015 23:44

Audiência vai discutir monopólio no transporte rodoviário de passageiros

Daniel Machado
A falta de concorrência no setor faz com que o preço das passagens no trecho entre Corumbá e Campo Grande seja alto em comparação a outros destinos com distância semelhante. (Foto: Divulgação)A falta de concorrência no setor faz com que o preço das passagens no trecho entre Corumbá e Campo Grande seja alto em comparação a outros destinos com distância semelhante. (Foto: Divulgação)

A Câmara Municipal de Corumbá promoverá em maio uma audiência pública para discutir os motivos de apenas uma empresa atuar no serviço de transporte rodoviário de passageiros na cidade. A falta de concorrência no setor faz com que o preço das passagens no trecho entre Corumbá e Campo Grande seja alto em comparação a outros destinos com distância semelhante.

Veja Mais
PMA fecha posto de combustível e multa proprietário em R$ 50 mil
Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa

Autor da proposta, o vereador Evander Vendramini destacou que o objetivo é permitir que haja concorrência no setor e, consequentemente, beneficiar a população com a prática de preços mais acessíveis.

O parlamentar diz ser absurdo cobrar 108 reais por uma passagem normal, uma poltrona. "O mesmo trajeto, ou até maior, entre Campo Grande e Presidente Prudente (SP), onde há concorrência de outras empresas, a passagem sai por R$ 69,90, praticamente 40 reais mais caro para distância semelhante. Vamos discutir essa questão e fazer com que o Governo do Estado discuta também e busque colocar mais empresas".

De acordo com o vereador, em Corumbá há grande fluxo de passageiros, sejam brasileiros, bolivianos ou de outras nacionalidades, e que há necessidade de uma política sadia de concorrência entre empresas que resulte em preços mais módicos para os usuários.

"Vamos fazer essa discussão e, efetivamente, tomar uma atitude, seja o Município ou Estado para fazer com que haja outras empresas fazendo esse trajeto. Tem que haver a livre concorrência, monopólio dessa empresa o povo de Corumbá está cansado. Vamos rever esse contrato e abrir discussão para que possa abrir concessões, licitacoes e haja concorrência maior", finalizou. A audiência pública está marcada para o dia 29 de maio, a partir das 13 horas, no plenário da Câmara Municipal de Corumbá.

Com informações da assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores de Corumbá.

Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa
Almir Caetano Lima, 39, foi encontrado morto com sinais de esfaqueamento na barriga, às 7h deste sábado (3) no bairro Cascatinha II em Sidrolândia, d...
Sobrinho mata tio com facada no coração e se entrega para polícia
Elpídio Corrêa Mendes, 39, foi morto esfaqueado pelo sobrinho, Tiago Corrêa Mendes, 20, na manhã deste sábado (3) em Naviraí, distante 366 km de Camp...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions