A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

06/01/2011 09:48

Mulher baleada pelo ex-marido passa por cirurgia na Santa Casa

Ricardo Campos Jr. e Viviane Oliveira

Vítima está em observação. Estado de saúde não foi informado

Mãe da vítima, Vanda dos Santos Amaral, 52 anos, conta que Adair tinha comportamento violento. Familiares dele confirmam. (Foto: simão Nogueira)Mãe da vítima, Vanda dos Santos Amaral, 52 anos, conta que Adair tinha comportamento violento. Familiares dele confirmam. (Foto: simão Nogueira)

Vandinamar Tatiane dos Santos Amaral, 33 anos, baleada pelo ex-esposo na noite de ontem (5) em Jaraguari, passa por uma cirurgia por causa do tiro que acertou o abdômen. O estado de saúde dela não foi informado, mas,após o procedimento, ela ficará em observação.

Segundo informações obtidas no hospital, Vandinamar teve 6 ferimentos provocados pelos tiros. Um deles acertou o rosto dela.

A mãe da vítima, Vanda dos Santos Amaral, 52 anos, contou ao Campo Grande News que Adair Maciel Barbosa, 45 anos, ex-esposo da filha, tinha comportamento violento. Os dois foram casados por 20 anos em tiveram três filhos: um adolescente de 17 que mora em Campo Grande, uma garota de 12 anos e uma menina de 12, que ficaram com a mãe em Jaraguari.

“A vida toda ele bateu nela. Durante os 20 anos que eles moraram juntos ele judiou dela”, conta Vanda.

Ela relata ainda que Adair e Vandinamar chegaram a discutir pouco antes do crime. Ele queria reconciliação enquanto a ex-mulher se recusava a retomar o casamento. Vanda diz que o ex-marido da filha tentou tira-la do local, possivelmente, segundo a mãe da vítima, para matá-la longe dos parentes.

Vandinamar não quis acompanhar o ex-marido, que saiu do local e voltou pouco tempo depois, armado com um revólver. Vanda contou que não chegou a ver Adair atirando, pois já havia ido dormir. Apenas ouviu os disparos.

A filha, contou Vanda, estava deitada na rede e o crime foi na frente das duas filhas do casal.

De acordo com a Polícia, havia outras pessoas no local que presenciaram a tentativa de homicídio. As testemunhas relataram que viram Adair sair correndo da casa e depois escutaram outro tiro. O ex-marido cometeu suicídio com um tiro na cabeça.

Socorrida até uma unidade de saúde local, Vandinamar foi levada à Santa Casa de Campo Grande para atendimento.

Família - Um dos irmãos de Adair, um motorista de 38 anos que não quis se identificar, acompanhava Vanda na Santa Casa de Campo Grande. Ele mora na Capital, foi avisado do crime e em seguida foi à Santa Casa.

O motorista disse apenas que o irmão e a ex-mulher tinham relacionamento conturbado “O casal sempre discutiu muito”, relata, dizendo ainda, que Adair apresentava comportamento violento.

O corpo de Adair foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Campo Grande para exame necroscópico.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions