A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/10/2013 19:09

Bandido rouba mercado, faz mulher refém e é preso pela Polícia debaixo da cama

Zana Zaidan
Assaltante é preso meia hora depois de assaltar supermercado e fugir com refém (Foto: Divulgação)Assaltante é preso meia hora depois de assaltar supermercado e fugir com refém (Foto: Divulgação)

Uma mulher de 30 anos, que não teve o nome divulgado, foi levada hoje (18) como refém depois de um assalto em supermercado na avenida Brasil, em Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande. O seqüestro foi frustrado cerca de meia hora depois por policiais militares do 4º batalhão da cidade, com apoio Força Nacional, e ninguém ficou ferido.

Veja Mais
Homem tem pescoço cortado e é encontrado morto em rodoviária
Desaparecida há dois dias, jovem é encontrada morta às margens da MS-427

O crime aconteceu por volta das 15 horas, e teve início no Supermercado Avenida. Silvio Delli, de 29 anos, brasileiro, anunciou o assalto mostrando uma arma, e levou R$ 4 mil do caixa, R$ 3 mil de uma vítima e 600 dólares de uma segunda vítima, ambas clientes do supermercado.

O bandido usou a mulher como refém, e usou o carro dela para fugir. Neste momento, o marido da vítima acionou a Polícia e manteve contato por telefone com os policiais para informar a rota de fuga do assaltante. O veículo foi localizado, abandonado no Terminal Rodoviário junto com a vítima.

Populares informaram que, na fuga, o assaltante invadiu uma casa. A dona do imóvel estava no local e apontou os passos do bandido. Ele foi encontrado escondido em baixo de uma cama, e não resistiu à prisão. A arma do crime foi encontrada no quintal da casa, junto com o dinheiro roubado.

As vítimas reconheceram o assaltante, que foi levado preso para a delegacia de Polícia de Ponta Porã.

Homem tem pescoço cortado e é encontrado morto em rodoviária
Diones Luiz Pedrosa Farias, 21, foi encontrado morto com o pescoço cortado com uma faca, na rodoviária de Amambai, distante 366 km de Campo Grande, n...
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions