A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

07/12/2012 09:58

Bandidos que sequestraram policiais roubaram R$ 300 mil de banco

Francisco Júnior
Agência ficou danificada. (Foto: Aral Moreira)Agência ficou danificada. (Foto: Aral Moreira)

Os bandidos que explodiram o cofre do Banco Brasil em Aral Moreira roubaram cerca de R$ 300 mil do compartimento. A ação aconteceu na noite da última quarta-feira (5) e deixou os moradores do município assustados.

De acordo com o delegado do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros), Márcio Obara, a Polícia está analisando as imagens do assalto gravadas pelo circuito interno de segurança da agência.
Parte dos bandidos estava encapuzado, porém outros não, as câmeras conseguiram captar a imagem do rosto de um deles. A Polícia trabalha para identificá-lo. A suspeita de que todos sejam paraguaios.

O grupo era formado por cerca de 10 homens que invadiram a agência e explodiram o cofre. O prédio ficou danificado com a explosão.

A quadrilha seguiu logo depois para o pelotão da Polícia Militar da cidade e fez de refém o policial que estava de plantão. Ele foi obrigado a seguir com os bandidos até a fronteira com o Paraguai, onde acabou liberado.

O bando ainda chegou a usar uma viatura policial. Eles seguiram sentido Paraguai.

De acordo com o site A Gazeta News, durante a quarta-feira, o grupo teria percorrido os órgãos de segurança pública do município usando como pretexto colher informações sobre multas e outros delitos, mas na realidade com o objetivo de analisar efetivos e as condições de uma possível força de reação.

A Polícia paraguaia está ajudando nas investigações. O caso está sobe o comando do delegado Odorico Mesquita. O Garras auxilia na investigação.

Servidores envolvidos em esquema terão que devolver R$ 1 mi aos cofres públicos
O MPF/MS (Ministério Público Federal) ajuizou ação de improbidade contra três auditores fiscais da Receita Federal, um empresário e dois despachantes...
Prefeitura perde na Justiça e terá que pagar retroativos a professores
Em decisão tomada por unanimidade pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a prefeitura de Ivin...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions