A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

28/03/2015 15:30

Chapa 2 vence disputa pela reitoria da UFGD por diferença de 1.25%

Michel Faustino
Liane e Márcio tiveram no total 2.688 votos contra 2.161 da Chapa 1; nomes agora vão compor Lista Tríplice que será encaminhada ao MEC. (Foto: Divulgação)Liane e Márcio tiveram no total 2.688 votos contra 2.161 da Chapa 1; nomes agora vão compor Lista Tríplice que será encaminhada ao MEC. (Foto: Divulgação)

A chapa 2, composta pelos professores Liane Calarge e Márcio Barros, foi a vencedora da Consulta Prévia que escolheu o novo reitor e vice da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), para o quadriênio (2015-2019). Eles tiveram 49.97% dos votos paritários, contra 48.72% da Chapa 1, dos professores João Carlos e Marlene, com uma diferença de votos equivalente a 1.25%.

Dos 10.872 eleitores aptos a votar, entre professores, técnicos administrativos e estudantes, apenas 4.910 compareceram às urnas, ou seja, apenas 45,16%, mas foram esses votos e seus pesos correspondentes de 33% que definiram a escolha nos novos dirigentes da Universidade. Liane e Márcio tiveram no total 2.688 votos contra 2.161 da Chapa 1. De votos brancos, o pleito teve 13, e de nulos, 48.

No total, 19 seções foram disponibilizadas para a Consulta Prévia, com urnas espalhadas pela Unidade 1 e 2, FADIR, Hospital Universitário e nos pólos da Educação a Distância. Até terça-feira, 31 de março, a Comissão de Consulta Prévia fará a entrega dos resultados dos novos dirigentes ao Colégio Eleitoral da UFGD. Depois, é elaborada a Lista Tríplice que será encaminhada ao Ministério da Educação, que, na forma da Lei, empossa a nova reitora e vice-reitor da Instituição.

Foram os membros da Comissão de Consulta Prévia os docentes: Tomaz Espósito Neto, Paulo Roberto Cimó Queiroz e Janne Yukiko Yoshikawa Oeiras Lachi; os técnicos: Ariane Rigotti, Cleiton Rodrigues de Almeida e Gilberto Dourado Braga e os discentes: Rodolfo Dias Pinto, Lais Rondis Nunes de Abreu e Matheus Martins de Araújo Irabi.

Foram suplentes, o professor Adão Antônio Silva, o acadêmico Fernando Akihiro Totumi Queiroz e técnico Michel Coutinho dos Santos. A presidência da Comissão foi exercida pelo professor Paulo Roberto Cimó Queiroz, sob o secretariado da técnica Ariane Rigotti.

Após discussão, homem é atingido por golpes de facão e fica em estado grave
José Cláudio dos Santos, 55, está internado em estado grave após ser esfaqueado diversas vezes com um facão. Os golpes foram desferidos por um conhec...
Indígena de 21 anos é assassinado com facada no peito em aldeia
Um indígena de 21 anos foi morto no início da noite desta sexta-feira (20) após ser atingido com uma facada no peito, na aldeia Amambai, em Amambai -...
Homem com facão faz três pessoas da mesma família como reféns em casa
Três pessoas foram feitas reféns em uma casa na rua Rio de Janeiro, Centro de Sidrolândia - cidade localizada a 71 km de Campo Grande -, na manhã des...
UEMS recebe a partir de segunda-feira congresso de pesquisadores negros
A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - recebe entre segunda-feira (23) e sáb...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions