A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

27/11/2012 15:59

Chuva alaga berçário em Corumbá e interdita prédio

Luciana Brazil
Banheiras e baldes são usados para conter as goteiras. (Foto: Ricardo Albertoni/Diário Online)Banheiras e baldes são usados para conter as goteiras. (Foto: Ricardo Albertoni/Diário Online)

O berçário da creche municipal de Corumbá, que atende cerca de 70 crianças, precisou ser interditado nesta terça-feira (27) depois de ficar alagado por causa da chuva que atingiu a cidade durante a madrugada. A água entrou por uma telha quebrada, que segundo funcionários do berçário foi rompida por causa do galho de uma árvore.

Veja Mais
Após deslizamento e risco a usuários, MS-295 é totalmente interditada
Justiça bloqueia bens de ex-prefeito e mais oito por fraude em licitação

De acordo com o site Diário OnLine, os funcionários da creche utilizaram baldes e banheiras para conter as goteiras. A chuva infiltrou pelo teto e escorria pelos bocais de lâmpadas e ventiladores. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) a precipitação na cidade chegou a 10,4 milímetros cúbicos.

As crianças que ficam em outra parte da creche foram levadas para passar o dia letivo no refeitório. A água tomou conta de grande parte do estabelecimento de ensino.

O secretário Municipal de Educação Hélio de Lima informou que a prefeitura já se mobiliza para solucionar os problemas enfrentados na creche como a poda da árvore e também a limpeza do pátio que está tomado pelo matagal.

"Tem uma árvore que bate no telhado, deslocou as telhas e entrou água na creche. Hoje as equipes do Meio Ambiente vão lá para tirar esses galhos. Vão fazer isso hoje e a prefeitura está tomando providências, com equipes da Secretaria de Infraestrutura, para solucionar essa questão do alagamento na escola. Só que estamos no período de chuva e não é resolvido de uma hora para outra. Há toda tramitação de processo licitatório e encaminhamentos, mas estamos tomando providências", afirmou.

Hélio de Lima também destacou que foi comunicado anteriormente pela direção da creche e da escola sobre os problemas, mas a Secretaria de Educação depende de outras pastas da administração para executar os serviços.

"Houve comunicações anteriores, mas a Educação depende de outras secretarias como a de Meio Ambiente para a poda de árvores e Infraestrutura para partes físicas. Mas é importante saber que a Prefeitura está providenciando os encaminhamentos para resolver essas questões", argumentou.

O berçario Valódia Serra fica no bairro Cervejaria, ao lado da escola Tilma Fernandes Veiga.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions