A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

26/12/2014 15:25

Chuva forte isola área rural e Prefeitura decreta situação de emergência

Viviane Oliveira e Luciana Brazil
Ponte da MS-156 foi levada pela chuva. (Foto: divulgação/Facebook) Ponte da MS-156 foi levada pela chuva. (Foto: divulgação/Facebook)

Em decorrência das chuvas dos últimos dias, a Prefeitura de Anastácio, distante 135 quilômetros de Campo Grande, vai decretar situação de emergência para toda área rural. O Prefeito Douglas Figueiredo (PDT) estima que o prejuízo chegue a R$ 2 milhões.

Veja Mais
Com nível do rio alto, famílias continuam abrigadas em escola
Pela 3ª vez, transportador é flagrado levando carne sem nota de MS para o PR

As chuvas causaram prejuízos à cidade, danificando 10 pontes, quatro delas foram totalmente destruídas pela força da água. A zona rural, conforme o prefeito, ficou isolada da cidade. O decreto de situação de emergência é uma forma de pedir socorro aos cofres do Estado ou da União.

Alguns pontos da cabeceira do Rio Taquarussu, afluente do Rio Aquidauana, estão cheios e a água não escoa. “Mais de 4 mil famílias estão isoladas e a agricultura familiar, o forte do município, está prejudicada”, lamenta Douglas.

O Prefeito diz ainda que está fazendo o levantamento de todos os danos materiais e vai a Brasília na próxima terça-feira (30) pedir socorro. O chefe do executivo vai pedir ajuda, também, ao governo estadual para consertar a ponte que foi danificada na MS-170. “O caixa da cidade é pobre, precisamos de ajuda da União”, diz, acrescentando que da véspera do Natal até hoje já choveu mais de 200 milímetros.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) a chuvarada deve continuar em Anastácio. Conforme a meteorologia a previsão para amanhã é de tempo nublado com pancadas de chuva e trovoadas em áreas isoladas. A temperatura máxima deve ficar em torno dos 36°C.

Aquidauana - Em Aquidauana, cidade vizinha a Anastácio, o Corpo de Bombeiros está em alerta por causa das chuvas incessantes. A BR-262, que liga Campo Grande ao município, chegou a ser interditada nesta sexta-feira (26) e os veículos ficaram horas impedidos de seguir viagem.

No início da semana, tiveram que sair de casa, 26 famílias. Dessas, oito estão abrigadas na Escola Rotary Club, sendo atendidas pela assistência social da prefeitura, que fornece alimentação. Segundo a assistente social da prefeitura, Sandra Cristina Gonçalves, uma das famílias que estava no local resolveu voltar para casa, mas sem consentimento da assistência, pois o nível do rio está em 8,3 metros acima do normal.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions