A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

08/10/2014 06:50

Comunidades rurais recebem neste mês atendimento do Programa Mulher

Viviane Oliveira

As comunidades rurais, quilombolas e indígenas de Corguinho e Dois Irmãos do Buriti recebem, na segunda quinzena deste mês, a visita das unidades móveis de acolhimento às mulheres do campo de Mato Grosso do Sul. Os ônibus itinerantes fazem parte do Programa Mulher: Viver sem Violência, trabalho realizado em parceria entre o governo Municipal, Estadual e Federal.

Veja Mais
Adolescente é detida ao tentar embarcar para o MT com identidade falsa e drogas
Homem foge depois de agredir enteado e esposa grávida de cinco meses

De acordo com Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania, em Corguinho os serviços serão disponibilizados na comunidade quilombola “Furnas da Boa Sorte” e em quatro assentamentos rurais: Vista Alegre, III Piúva, Liberdade Camponesa e Torre de Pedra.

Em Dois Irmãos do Buriti os atendimentos serão feitos em quatro assentamentos: Marcos Freire, Paulo Freire, Piúva 5 e Santa Amélia, além de setes aldeias indígenas, sendo elas: Buriti I, Nova Buriti, água Azul, Recanto, Olho D’água, Barreirinho e Oliveiras.

Nas duas cidades, os atendimentos às comunidades serão realizados por meio de parceria com as prefeituras. Os trabalhos com os ônibus vão levar informação para as pessoas que vivem em locais distantes ou de difícil acesso.

Para a subsecretária da Mulher e da Promoção da Cidadania, Thai Loschi, o acesso à informação é fundamental para que os casos de violência sejam reduzidos. “A informação é fundamental para que o público feminino saiba se posicionar em um caso de agressão. Nem sempre uma vítima que sofre violência psicológica, por exemplo, tem discernimento que está sendo agredida”, explica a subsecretária.

Através dos ônibus itinerantes serão realizadas palestras sobre a Lei Maria da Penha e ofertados atendimentos na área da saúde, assistência social, educação e de segurança. As Unidades Móveis do projeto ‘Mulher: Viver sem Violência’, foram doados pelo governo federal por meio da Secretaria de Políticas para Mulheres. 

Adolescente é detida ao tentar embarcar para o MT com identidade falsa e drogas
Adolescente de 16 anos foi detida no Terminal Rodoviário de Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande tentando embarcar para o Mato Grosso, ...
Homem foge depois de agredir enteado e esposa grávida de cinco meses
Gestante de 29 anos, foi agredida pelo próprio marido, de 39, durante discussão na tarde deste sábado (10) em Corumbá, município distante 419 quilôme...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions