A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

16/11/2016 14:59

Consumidor vai gastar mais e Natal deve injetar R$ 15 milhões no comércio

Pesquisa da Fecomércio mostra otimismo dos consumidores douradenses, apesar da crise que afeta o país

Helio de Freitas, de Dourados
Natal deve injetar R$ 15 milhões no comércio de Dourados (Foto: Arquivo)Natal deve injetar R$ 15 milhões no comércio de Dourados (Foto: Arquivo)

Mesmo com a crise que castiga a economia do país, o consumidor douradense deve gastar mais nas compras de Natal deste ano, segundo aponta pesquisa divulgada hoje (16) pela Fecomércio (Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul).

Na maior cidade do interior de MS, localizada a 233 km de Campo Grande, as compras de Natal devem injetar R$ 15 milhões nas lojas, conforme a pesquisa que ouviu 200 pessoas de 23 a 31 de outubro. O montante estimado para este ano é 60% superior aos R$ 9,3 milhões apontados na pesquisa do ano passado.

O valor médio do presente também deve ser maior. Enquanto em 2015 os consumidores esperavam gastar em média R$ 125 para presentear no Natal, neste ano o gasto médio com cada presente deve ser de R$ 235.

Conforme a estimativa da Fecomércio, neste Natal devem circular no mercado varejista da cidade de Dourados R$ 140 milhões do salário de novembro pago no início de dezembro mais o 13º salário dos empregos formais.

Segundo a pesquisa, da população economicamente ativa que receberá a parcela do 13º salário neste final de 2016 em Dourados, 22% utilizará uma parte para pagar contas em atraso, como cheque especial, cartão de crédito e tirar o nome da lista negra de devedores. Outros 16% vão poupar, 17% farão compras de Natal e 10% reservarão para as despesas do início do ano.

Entre a população economicamente ativa da cidade, 65% está disposta a ir às compras, 25% não possuem expectativa de presentear e 10% estão indecisos. A pesquisa mostra ainda que a média será de 2,9 presentes por cliente.

Quanto à situação financeira comparada ao ano passado, 34% da população acredita estar melhor que em 2015.

Presentes preferidos - A maioria dos douradenses vai presentear com roupas (29%), seguido de brinquedos (21%). O principal local de compra apontado são as lojas do centro da cidade (75%).

A maioria dos consumidores fará pesquisa de preço (77%) e pagará em dinheiro (71%). Dos que parcelarão suas compras (19%), a maioria fará e de quatro a seis parcelas.

Comemoração – Dos 200 douradenses entrevistados, 78% vão comemorar o Natal. O gasto com comemoração da maioria da população (27%) será de até R$ 50.

A previsão é que a comemoração de Natal seja responsável por um gasto médio de R$ 122 e pela movimentação total de R$ 9,3 milhões, principalmente em mercados, rotisserias, padarias e restaurantes.

Dupla chega armada em ginásio, ordena que todos deitem no chão e atira em homem
Alex Sandro Ramires, 28, foi atingido por tiro disparado por homens que chegaram armados com pistola em uma quadra de esportes. O crime aconteceu às ...
Prefeitura perde na Justiça e terá que pagar retroativos a professores
Em decisão tomada por unanimidade pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a prefeitura de Ivin...
Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, PMA apreende arma
Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, um...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions