A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

02/12/2014 12:24

Criminosos "emprestaram" kombi de oficina para roubar frigorífico

Viviane Oliveira
Ricardo, Welinton, Sandro e Edilson foram apresentados nesta manhã. (Foto: Nova Notícias) Ricardo, Welinton, Sandro e Edilson foram apresentados nesta manhã. (Foto: Nova Notícias)

Quatro dos seis acusados de assaltar o frigorifico Navi Carnes durante a madruga de ontem (1º) foram presos, em Nova Andradina, a 300 quilômetros de Campo Grande. O bando foi apresentado pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira durante coletiva de imprensa.

Os acusados são Ricardo Araújo, 41 anos, Welinton de Souza Carvalho, de 31 anos, Sandro Pereira dos Santos, de 28 anos, e Edilson Silva Alves, de 20 anos. Depois de ouvir os funcionários do local, a polícia chegou até os ladrões.

Ricardo é mecânico e morador de Nova Andradina. Ele disse que pegou o veículo Kombi sem autorização da oficina onde trabalha e emprestou para os outros três, porém não sabia que iriam roubar o frigorífico. Com o trio, a polícia encontrou diversas laminas de cheque do Banco Sicredi e do Bradesco, além de R$ 3.2 mil que foram recuperados.

Na casa onde estava os três, o delegado disse que foram encontrados dois capuzes, selos fiscais, celulares e roupas usadas no roubo. Para a Polícia Civil, os três, contaram versões diferentes sobre o roubo, mas assumiram a participação.

O crime - Seis homens invadiram o frigoríficos e renderam um segurança e os funcionários. Duas pessoas foram obrigadas a tirar as roupas e foram amarradas estando apenas com a roupa íntima. Outros trabalhadores ficaram trancados em uma sala. Para roubar dois cofres, os assaltantes arrombaram três portas e invadiram o setor financeiro e o escritório da direção da empresa.

A quadrilha conseguiu fugir, mas as vítimas acionaram a polícia. Por volta das 4h uma Kombi foi localizada incendiada na região do Jardim Monte Carlo, no final da Avenida Ivinhema, em Nova Andradina.

Ainda segundo o jornal Nova News, apenas um cofre arrombado estava no interior do veículo. A polícia acredita que os ladrões tenham experiência com esse tipo de ação criminosa e envolvam pessoas da região, já que funcionários ou ex-funcionários da empresa podem ter participação no caso.

Quando chegaram no local, um dos criminosos disse ao guarda que não reagisse, já que eles sabiam como ocorria a movimentação da empresa. "Nós já sabemos de tudo. Já conhecemos todo o movimento", teria dito um dos autores ao guarda que estava de plantão no local.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions