A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

19/03/2012 17:28

CRM cassa diploma de médico acusado de mutilar pacientes

Elverson Cardozo

Pedido de pena máxima ainda deve ser encaminhada ao Conselho Federal de Medicina

Uma das vítimas do médico Alexsandro de Souza. (Foto: Marcelo Victor)Uma das vítimas do médico Alexsandro de Souza. (Foto: Marcelo Victor)

O CRM (Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul) decidiu, por unanimidade, aplicar pena máxima ao médico Alexsandro de Souza, acusado de mutilar pacientes durante cirurgias plásticas. Alexsandro teve o diploma profissional cassado durante julgamento no último final de semana.

“Consideraram que ele desatendeu o código de ética médica”, explicou o advogado do conselho, André Borges. Além da cassação do diploma, Alexsandro continua impedido de exercer a medicina porque teve a interdição cautelar renovada pelo CRM.

Segundo o advogado, em 30 dias o pedido de cassação será encaminhado ao CFM (Conselho Federal de Medicina), que vai aprovar ou não a decisão do órgão regional.

“O CRM vai dar outras informações quando o pedido for confirmado pelo CFM”, completou o advogado.

Interdição cautelar – Desde 2010, Alexsandro de Souza está impedido de exercer a medicina. O médico é acusado de ser o responsável pela morte de uma jovem de 24 anos, ocorrida após uma cirurgia de lipoaspiração em junho de 2008, em Fátima do Sul.

Alexsandro responde a um processo criminal e outro administrativo junto ao CRM/MS, que corre em segredo de justiça. A especialidade do médico é cirurgia geral.

Cirurgião geral - Mesmo sem permissão, Alexsandro começou a realizar cirurgias plásticas em 2007. Além de Fátima do Sul, ele atuava nos municípios de Naviraí, Juti e Dourados.

Idoso sofre sequestro relâmpago por supostos vendedores na fronteira
Idoso de 61 anos e brasileiro, sofreu um sequestro relâmpago na manhã deste domingo (4), enquanto descia do seu veículo para realizar compras no lado...
Concurso Beleza Negra acontece na próxima sexta-feira em Dourados
A cidade de Dourados - que fica a 233 km de Campo Grande - recebe na próxima sexta-feira (9), a partir da 19h, a primeira edição do Concurso Beleza N...



Olha não consigo me lembrar quando esta classe tão corporativista atuou de forma tão exemplar como desta vez. Espero que seja o primeiro de muitos casos para a tirar os pseudos médicos de plantão e valorizar mais a classe.
 
Nivaldo Correa Tenorio em 20/03/2012 08:14:16
O CRM faz a parte dele, quem nao faz é a policia. Rondon está em prisão domiciliar em Bonito, se brincar ele ainda ganha vale quentinha.
 
Edney Ueno em 20/03/2012 08:00:29
Isso que ele fez não é igual ao caso Rondon, lesão corporal dolosa ? Mas de qualquer forma não vai resolver nada mesmo, vai pegar prisão domiciliar, igual ao outro.
 
Edney Ueno em 20/03/2012 07:41:07
Pela primeira vez na minha vida vejo CRM/MS agir com decência e dignidade PARABÉNS
 
Marcio Costa em 19/03/2012 07:21:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions