A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

18/06/2013 19:57

Curso de Vigilância em Saúde qualifica profissionais em Dourados

Mariana Lopes

Começou nesta semana o curso de Vigilância em Saúde do SUS (Sistema Único de Saúde) oferecido pela Secretaria de Saúde de Dourados, através de um projeto do Ministério da Saúde. No total, foram contempladas 36 pessoas.

Veja Mais
Justiça determina que Sanesul repare danos em erosão causada por vazamento
Chuva alaga ruas em Paranaíba e deixa até camionete submersa em Chapadão

As aulas são direcionadas aos técnicos que atuam nos quatro segmentos do setor de Vigilância em Saúde: Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica, Vigilância Ambiental e Vigilância em Saúde do Trabalhador.

Uma das propostas é a mudança de concepção e práticas sanitárias e avançar em seus aspectos teóricos, técnicos e operacionais, para se conformar aos processos de descentralização e municipalização da gestão e das ações de saúde do SUS.

Durante o curso, que tem duração de dois anos, serão trabalhadas áreas de conhecimento no SUS e a Vigilância em Saúde, Saúde Coletiva e as ações da Vigilância em Saúde, além de Trabalho na Vigilância em Saúde.

As aulas são ministradas de segunda à sexta-feira, das 19h às 20h, no próprio Departamento de Vigilância em Saúde. Os instrutores são coordenadores dos setores de Vigilância, preparados pela Escola Técnica do SUS para desempenhar essa função.

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde, Eduardo Arteiro Marcon7des, o curso é oferecido pelo Ministério da Saúde e poucos municípios foram contemplados. Em Mato Grosso do Sul, o curso foi disponibilizado apenas para Dourados e Campo Grande.

Base dos Bombeiros com 8 militares deve ser implantada até o meio do ano
Rio Brilhante - cidade localizada a 163 km de Campo Grande - deve ganhar em breve uma base do Corpo de Bombeiros. Foi publicado no DOE-MS (Diário Ofi...
Investimento em recuperação de rodovias no MS será de R$ 185,9 milhões
O Governo do Estado deve investir R$ 185,9 milhões para recuperar trechos das rodovias MS-156, MS-379 e MS-470, que ficam em maior parte na região de...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions