A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

10/12/2014 20:32

Departamento Habitacional atendeu mais de 700 pessoas em Três Lagoas

Vania Galceran

Desde o dia 1º de dezembro, a Prefeitura de Três Lagoas, por meio do Departamento Municipal de Habitação, iniciou o processo de cadastro e recadastramento do Sistema Habitacional e, até terça-feira (09) já atendeu a 750 famílias.
A diretora do Departamento Habitacional, Sônia Góes, informou que, a princípio, seriam distribuídas somente 40 senhas, “mas como conseguimos agilizar os atendimentos foi possível atender pouco mais de 100 pessoas por dia”.

Veja Mais
Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Domingo é de redação no segundo dia de prova do Enem em Paranaíba


Para cadastrar-se é necessário que a pessoa obedeça aos requisitos pré-estabelecidos e principalmente não ultrapasse a renda familiar no valor de R$ 1,6 mil.
O processo de cadastro e/ou recadastramento é feito mediante apresentação de senha, fornecida pelo Departamento Municipal de Habitação, tendo preferências, idosos e pessoas com necessidades especiais.
Essas pessoas com necessidades especiais devem apresentar Laudo Médico com Classificação Estatística Internacional de Doenças (CID).

“As filas diminuem gradativamente, pois a população já está mais consciente que não há necessidade de desespero e que atenderemos a todos”, reforça Sônia.
O processo cadastral terá uma breve interrupção, devido ao período do recesso que compreende as duas últimas semanas do mês de dezembro, porém será retomado em janeiro com o retorno das atividades.

Cadastro e Recadastramento

Para cadastrar-se é necessário comparecer ao Departamento Habitacional da Prefeitura, localizado na Rua Orestes Prata Tibery, nº 457, Centro, (ao lado da Sanesul), das 7h30 às 13h. É necessário estar munido dos seguintes documentos originais:Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF); Título de Eleitor, Comprovante de matrícula escolar para menores de 18 anos e Certidão de Nascimento do filho; Certidão de Nascimento para solteiros; Certidão de Casamento, ou Atestado de Óbito do cônjuge, caso seja viúvo e, em caso de divórcio, é necessário apresentar averbação da separação; Comprovante de Renda; Apresentar o número do NIS – Número de Inscrição Social; comprovante de endereço (exclusivamente talão da conta de luz).

A documentação solicitada obedece aos critérios legais do processo e é o princípio para que o cidadão possa participar do processo seletivo e possivelmente ser beneficiado com uma casa pelo programa social.
Àqueles que não assinam por algum motivo que o impossibilite, e desta forma dependem que alguém de sua confiança assine para si os documentos necessários, deve apresentar uma Procuração para legalizar a autorização da assinatura de terceiro. O participante não pode ter nenhuma restrição no CPF, no que se refere à Receita Federal (dívidas trabalhistas, dívida de fechamento de algum empreendimento, por exemplo).

( Com informações da assessoria)

 

Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Mulher de 42 anos foi agredida pelo marido com uma garrafada no sábado (3), após ser vista conversando com as amigas em sua casa em Dourados, distant...
Domingo é de redação no segundo dia de prova do Enem em Paranaíba
Candidatos do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande, fazem neste domingo (4) as provas de reda...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions