A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

15/11/2011 17:23

Detento morreu por desnutrição e desidratação em Corumbá, diz família

Marta Ferreira

O detento Leandro de Oliveira Ferreira, 30 anos, que morreu por volta das 11h45 de ontem, no presídio masculino de Corumbá, foi vítima de desidratação e desnutrição, segundo informou hoje a família dele, com base no laudo da necropsia.

Veja Mais
Detento com problemas psiquiátricos morre em presídio de Corumbá
Um dos três detentos que fugiram sábado de presídio é recapturado

O corpo foi sepultado ontem, no cemitério Nelson Chama. Familiares mostraram documento assinado por um legista, com as causas da morte: desnutrição, provocada pela falta de comida, e desidratação, pela falta de água no organismo.

Uma investigação já foi aberta pela Polícia Civil.

O detento tinha problemas psiquiátricos e, há mais de dez dias, conform afirmou a mãe, Maria Aparecida de Oliveira Ferreira, era mantido sob efeito de calmantes, sem ingerir líquidos ou alimentos sólidos.

Ela afirma que o rapaz estava mal desde sábado e ainda assim não foi levado para um hospital.

A morte dele provocou um início de tumulto no presídio e foi preciso o juiz Anderson Royer acalmar os líderes das celas para evitar uma rebelião.

(Com informações do site Capital do Pantanal)

Detento com problemas psiquiátricos morre em presídio de Corumbá
A causa da morte não foi divulgada pela políciaO detento Leandro de Oliveira Ferreira, 30 anos, morreu por volta das 11h45 de ontem, no presídio mas...
Um dos três detentos que fugiram sábado de presídio é recapturado
Foi recapturado nesta tarde de segunda-feira (16) Willian Ferraz da Silva, de 19 anos, um dos três detentos que fugiram no sábado (14) da Penitenciár...
Com debates e 120 expositores Showtec começa nesta quarta-feira
Começa na próxima quarta-feira (18) a Showtec 2017, que contará com programação recheada de novidades tecnológicas para o setor rural e também debate...



Duvido, que tenha sido essa a causa da morte desse indivíduo. Gearalmente eles são mais bem tratados, que os filhos dos próprios agentes.
 
juan charlymoon em 15/11/2011 09:23:09
Alguém tem de ser responsabilizado, não apenas com "advertência". Que a apuração seja justa e de exemplo para todos que trabalham em Presídios. Quero ver se o responsável (se for condenado) aceita morrer de fome e sede na prisão.
 
Nivaldo Silva em 15/11/2011 06:35:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions