A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

12/01/2015 18:47

Detento passa quase 6h no telhado de presídio para protestar contra superlotação

Liana Feitosa
Detento subiu em construção às 11h. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Detento subiu em construção às 11h. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Para protestar contra a superlotação da unidade penal de Corumbá, município a 419 quilômetros de Campo Grande, o detento Paulo César Soares Franco, de 24 anos, ficou 5h30 em cima da caixa d'água da unidade e, por várias vezes, ameaçou se jogar do alto da construção. O episódio ocorreu nesta segunda-feira (12) e mobilizou o Corpo de Bombeiros.

Veja Mais
Vereador é internado após AVC e boatos de morte causam confusão
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas

Segundo o jornal Diário Corumbaense, Paulo César exigiu a presença do juiz da Vara de Execuções Penais, da imprensa, além da mãe e da irmã. Ele foi para o alto da caixa d'água por volta das 11h e recebeu apoio de outros detentos, que forneceram água.

Parte da área do presídio foi isolada enquanto o preso ficou no local. Quando percebeu a presença da imprensa, gritou, várias vezes, "solta os presos" e "tá lotado". Ainda segundo o jornal, além da superlotação, o detento afirmava que já cumpriu a pena, mas não teve a situação jurídica resolvida.

O homem só desceu da construção por volta das 16h30, convencido por um agente penitenciário e por agentes do Corpo de Bombeiros. Conforme o Diário Corumbaense, a direção do presídio não quis se pronunciar sobre o caso, mas essa não foi a primeira vez que um preso faz esse tipo de protesto.

Em julho de 2011, um detento também ficou no alto da caixa d'água por 15 horas para pedir melhorias no estabelecimento penal.

Homem só desceu da construção por volta das 16h30. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Homem só desceu da construção por volta das 16h30. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions