A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

17/07/2014 10:11

Divisão territorial de Rochedo e Jaraguari gera preocupação entre moradores

Bruno Chaves
Regiões de dúvidas ficam próximas a Rochedo, mas pertencem ao município de Jaraguari (Foto: Prefeitura Municipal de Rochedo)Regiões de dúvidas ficam próximas a Rochedo, mas pertencem ao município de Jaraguari (Foto: Prefeitura Municipal de Rochedo)

A divisão dos limites territoriais dos municípios de Rochedo e Jaraguari tem causado preocupação em moradores das localidades de Água Boa, Baeta, Campo Alegre, Mateira, Pedregulho e Pindaíba. São regiões que pertencem ao segundo município, mas são atendidas pelos serviços de saúde, educação, transporte e outros do primeiro.

Veja Mais
Polícia desarticula “família do tráfico” que mandava droga para Goiás
Sem salário e 13º, enfermeiros de hospital particular iniciam greve dia 12

“Assistência médica, transporte de alunos e agentes de saúde. Tudo é fornecido por Rochedo porque está mais perto das regiões. Mas os impostos das pessoas que vivem ali vão tudo para Jaraguari porque o georreferenciamento disse que as regiões são de lá. Desse jeito, o bônus fica para Jaraguari e o ônus para Rochedo”, contou o produtor rural Ronaldo Garcia.

Há décadas as regiões são atendidas por Rochedo, mesmo pertencendo a Jaraguari. Para os moradores, é inviável utilizar os serviços de seu município. “Como Jaraguari vai fazer para transportar alunos, que hoje andam 25 quilômetros quando saem da região para estudar em Rochedo. Com a mudança, vão ter que andar até 80 quilômetros para Jaraguari”, questionou o produtor.

Segundo o prefeito de Rochedo, João Cordeiro, a situação já é estudada pelas duas administrações há algum tempo, mas não existe conflito entre as duas cidades por causa das prestações de serviços e obtenção de recursos. “Todas as atenções dadas ali são de Rochedo. O pessoal vota em Rochedo, os tratores que cuidam das terras dali são de Rochedo. Quem pagas as contas é Rochedo. Aquela população quer ficar em Rochedo”, explicou o prefeito.

Baseado nesse entendimento, o prefeito afirmou que pretende “sentar com as duas câmaras municipais e fazer alguma coisa para resolver a situação”. “Algum plebiscito ou algo parecido. Mas vamos fazer tudo conforme determina a lei para não prejudicar nenhum município”, garantiu. Apesar de não falar em datas, João Cordeiro reforçou que as negociações são mantidas e que não existe conflitos entre as cidades.

Sede do Executivo Municipal de Jaraguari (Foto: Sergio Falcetti/Google Maps)Sede do Executivo Municipal de Jaraguari (Foto: Sergio Falcetti/Google Maps)

O Campo Grande News ainda tentou contato com o chefe do Executivo Municipal de Jaraguari, Vagner Gomes Vilela, mas foi informado que o prefeito estava em viagem. O assistente de administração da prefeitura, Luiz Alberto, atendeu a reportagem e explicou que a “confusão” teve início quando o cartório de registro de imóveis da comarca fez um georreferenciamento e mudou as matrículas das propriedades das regiões de Rochedo para Jaraguari.

“Mas não existem conflitos. O que existe é uma troca de favores. Tem uma área a 18 quilômetros de Rochedo que a gente toma conta, por exemplo, e lá na Água Boa eles cuidam para a agente. A mesma coisa acontece em Ribas do Rio Pardo, na região do Servo, onde o nosso prefeito faz o transporte de alunos. Um ajuda a atender o outro. É uma troca de favores”, resumiu.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions