A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

16/09/2015 10:34

Dois homens são presos após dispararem tiros contra policiais

Helio de Freitas, de Dourados
Nelson foi preso após tentar fugir com L200 roubada (Foto: Divulgação)Nelson foi preso após tentar fugir com L200 roubada (Foto: Divulgação)
Vanderlei Bernal tentava chegar ao Paraguai com Cruze roubado em SP (Foto: Divulgação)Vanderlei Bernal tentava chegar ao Paraguai com Cruze roubado em SP (Foto: Divulgação)

Dois homens foram presos nesta terça-feira (15) em Amambai, a 360 km de Campo Grande, depois de atirarem contra policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira). De acordo com o serviço de comunicação do departamento, as prisões ocorreram durante patrulhamento itinerante de fronteira na região da “estrada velha” de Coronel Sapucaia.

Veja Mais
Pedreiro é executado a tiros ao chegar para trabalhar em construção
Ao tentar esconder celular, preso fica com braço entalado em ralo por 7 horas

Nelson Pereira Lima, 50, morador em Coronel Sapucaia, e Vanderlei Bernal, 31, residente em São Gabriel do Oeste, estavam com um carro roubado e tentaram fugir da barreira atirando nos policiais com uma pistola 9 milímetros, mas foram baleados nas pernas pelos agentes e socorridos ao Hospital Regional de Amambai.

De acordo com o DOF, os policiais viram o GM Cruze preto, com placas de Guarulhos (SP), parado na estrada possivelmente por problemas mecânicos. Ao checarem o sistema, constataram que o carro estava com placa falsa e tinha sido roubado em São Paulo no dia 1º deste mês.

Quando faziam buscas nas imediações, os policiais encontraram a caminhonete Mitsubishi L200 Triton preta, com placa de Arujá (SP). Ao perceber a viatura, o condutor da caminhonete fez uma manobra chamada “cavalo de pau” e os dois ocupantes desceram e começaram a atirar contra os policiais, que revidaram. A pistola foi encontrada próxima a Vanderlei.

A caminhonete, com o lacre da placa rompido e adulteração nos sinais de identificação, tinha sido roubada em Jaguariúna (SP) no dia 20 de junho deste ano. Nelson Pereira Lima tinha estava com mandado de prisão expedido pela Justiça de Araçatuba (SP).


Vanderlei contou aos policiais que tinha contratado Nelson em Coronel Sapucaia para buscar o Cruze que havia apresentado defeito mecânico. Ele disse que comprou a pistola no Paraguai por R$ 500. Nelson declarou ter pelo a caminhonete L200 em Capitán Bado, para ajudar a chegar com o Cruze no território paraguaio.

Na Polícia Civil em Amambai, os dois foram autuados por tentativa de homicídio, receptação, resistência e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Chuva refresca, mas calor em Porto Murtinho continua acima dos 37°C
A chuva que atingiu Porto Murtinho - distante 431 km de Campo Grande, no início da semana aliviou a onda de calor na cidade. Entre segunda e terça-fe...
Homem é flagrado tentando fugir pelo telhado após furtar mercado
Um homem de 35 anos foi preso em flagrante tentando fugir pelo telhado de um mercado após furtar alimentos. O caso aconteceu às 04h15 desta quarta-fe...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions