A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

25/09/2014 14:10

Dourados pressiona Governo Federal a licitar R$ 36 mi para reformar aeroporto

Helio de Freitas, de Dourados
Aeroporto de Dourados ainda opera sem instrumentos e não possui esteira de bagagem (Foto: A. Frota/Assecom)Aeroporto de Dourados ainda opera sem instrumentos e não possui esteira de bagagem (Foto: A. Frota/Assecom)

Com quase 60 mil embarques e desembarques no primeiro semestre e previsão de superar os 120 mil passageiros neste ano, o aeroporto da segunda cidade de Mato Grosso do Sul ainda enfrenta falta de infraestrutura.

Veja Mais
Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Após deslizamento e risco a usuários, MS-295 é totalmente interditada

Sem operar por instrumentos e desprovido de uma esteira na sala de desembarque (as bagagens são retiradas por um buraco na parede da sala), o aeroporto deve receber R$ 36,8 milhões do Governo Federal para reforma completa.

A cidade de Dourados foi inserida no “Programa de Investimento em Logística: Aeroportos”, e agora pressiona o governo federal a iniciar as obras, que serão bancadas com recursos do Fnac (Fundo Nacional da Aviação Civil), administrados pelo Banco do Brasil.

Na semana passada, o prefeito Murilo Zauith (PSB) aproveitou a presença do vice-presidente de Agronegócio do Banco do Brasil, Osmar Dias, para pedir apoio na abertura da licitação para reestruturação do aeroporto de Dourados.

Na cidade para o lançamento do Custeio Renovável – nova modalidade de financiamento da produção agropecuária – Osmar Dias afirmou que o projeto será licitado “logo”, sem, no entanto, prever uma data exata para a medida.

Em agosto o prefeito foi na Secretaria de Aviação Civil para discutir o projeto e na semana passada o secretário de Planejamento Luis Roberto Martins de Araújo recebeu a informação de que as obras podem ser licitadas ainda neste ano para serem feitas em 2015.

Dourados está inserido no "Programa de Investimento em Logística: Aeroportos", do Governo Federal. Serão investidos R$ 36,854 milhões na obras, recursos do Fnac (Fundo Nacional da Aviação Civil), administrados pelo Banco do Brasil.

Mudanças previstas - A reforma vai incluir ampliação da pista dos atuais 1.950m x 30m para 2.125 m x 45m. O pátio de estacionamento de aeronaves passará dos atuais 9 mil metros quadrados para 16.880 m², com 6 posições para embarque e desembarque simultâneos. O terminal de passageiros passará dos atuais 971 m² para 1.210 m².

Também é esperada a construção de um novo acesso à pista, áreas de segurança nas cabeceiras, que ainda não existem, e um novo SCI (Serviço de Combate à Incêndio). O atual foi construído em área considerada muito próxima da pista, um dos fatores que dificultam a homologação do aeroporto para operar por instrumentos.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, a nova estrutura permitirá a utilização de aeronaves maiores, até o Boeing 737-800 com até 71 toneladas. Essa aeronave transporta até 162 passageiros.
Apesar de enfrentar falta de estrutura, o aeroporto de Dourados recebeu diversas melhorias nos últimos três anos, entre as quais a construção da sala de embarque, e a cidade se tornou referência para os moradores da região que precisam viajar para os grandes centros. Atualmente Dourados tem voos diários para os aeroportos de Campinas e Guarulhos.

Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Em oito dias de atendimentos da Carreta da Justiça em Taquarussu - município localizado a 332 km de Campo Grande -, o projeto do TJ-MS (Tribunal de J...
Justiça bloqueia bens de ex-prefeito e mais oito por fraude em licitação
A Justiça Federal bloqueou R$ 1.743.189,84 em bens de Edvaldo Alves de Queiroz, o Tupete, ex-prefeito de Água Clara, a 198 quilômetros de Campo Grand...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions