A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

16/02/2014 08:00

Durante registro de homicídio, policial “desabafa” contra a segurança

Bruno Chaves

Um investigador da Polícia Civil de Amambai, a 360 quilômetros de Campo Grande, aproveitou o registro de um boletim de ocorrência de assassinato de um jovem de 29 anos para “desabafar” contra a segurança.

Veja Mais
Segurança reage a assalto, troca tiros com bandidos e é atingido por tiro
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre

No documento policial, ele escreve que recebeu uma ligação do hospital de Coronel Sapucaia. A instituição informava a morte de Getúlio Valdez e acionava a equipe de Amambai porque na cidade em que ocorreu o crime não há plantão da Polícia Civil aos finais de semana.

“Aquela cidade se encontra desguarnecida de policiais civis aos finais de semanas e feriados, o que acarreta uma maior sobrecarga aos policiais dessa delegacia [Amambai], uma vez que já estamos sobrecarregados e os fatos ocorridos no período ora informado têm de ser atendidos pelos policiais dessa delegacia”, escreveu.

Homicídio – Após desabafar no documento, o policial escreveu que a vítima, apesar de ter chegado com vida no hospital, morreu por causa de ferimentos causados por arma branca, mas não detalha as circunstâncias do crime.

O corpo de Getúlio Valdez foi levado ao IMOL (Instituto Médico e Odontológico Legal) de Ponta Porã.

Segurança reage a assalto, troca tiros com bandidos e é atingido por tiro
Ao reagir durante assalto anunciado por três homens, o segurança Aldair José de Oliveira, 30, ficou ferido ao ser atingido por um tiro. O caso aconte...
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo
"Desculpem os palavrões, mas há situações em que a gentileza não é prioridade". Assim a Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) publicou nesta qu...



nossa vai ser punido por pedir melhores condições de trabalho, onde está a democracia! não é só na polícia, o servidor público em geral está com salário defasado e não tem condições adequadas de trabalho, e mesmo assim ainda conseguem executar seu trabalho
 
djane alves gomes em 19/02/2014 07:51:45
O mesmo ocorre em Terenos/MS, a Polícia Civil conta com apenas um Investigador por vinte e quatro horas de plantão e o mesmo é responsável por todos os atendimentos da unidade, sendo ainda cobrado pela realização de investigações, o que faria sozinho!!!
 
José Ribeiro em 17/02/2014 10:25:00
Quem está fora não tem idéia do caos na segurança pública! Vivem maquiando com belas propagandas enquanto policiais militares e civis, não conseguem fazer serviço de qualidade...e o povo se revolta contra quem menos deve!
 
selma rodrigues em 17/02/2014 09:33:06
O desabafo é legítimo, porém, a atitude do servidor será motivo de sindicância administrativa.
É terminantemente proibido qualquer servidor público reclamar das condições de trabalho, falta de efetivo ou descaso da administração. Isso é passível de punição.
Infelizmente, esse é mais um caso. Para punir o, "aninmus fudendis" da administração é forte.
 
Jair Bastos em 17/02/2014 08:58:24
É para ver que nossa segurança é estratégica. Se na fronteira está assim, calcule o resto.
 
Isaac Damas em 17/02/2014 08:40:31
Coitado desse policial, além de estressado ainda terá que responder sindicancia pois os chefoes da ssp não admitem que nenhum funcionário pense e reclame. Está enrolado esse sujeito.
 
José Carlos em 17/02/2014 08:39:54
Olha Altair Ferreira, infelizmente a população mais carente só quer saber de bolsa isso, bolsa aquilo. Não vou entrar no mérito da discussão.
Mas nós, que percebemos o CAOS tomando conta do Brasil, não conseguimos mais mudar nada com as eleições, uma porque a população carente, que está em maior número, consegue manter esses políticos de "pão e circo" no poder e duas porque todos os políticos são iguais.
Mas chegará um momento que nós, com essa política suja desses governos (Federal, Estadual e Municipal), não teremos mais como "bancar" os impostos altíssimos e, consequentemente, a população carente é a que mais vai sofrer, porque sem os impostos, o governo não poderá mais bancar as "bolsas".
 
Afonso Netho em 17/02/2014 08:34:34
É amigo se fosse só ai em Amambaí e coronel sepucaia..o problema e em todo estado e o piro este governo esta na reta final e nada de resolver isso.
 
celio duarte em 17/02/2014 07:50:51
Agora que o fato se tornou público, este policial está correndo o risco de ser punido ou retalhado pela Administração, pois um "desabafo" como este expõe à opinião pública e à imprensa o que o Governo faz de tudo para esconder ou dissimular, ainda mais em ano eleitoral...
 
Paulo Alfredo Ocampos em 16/02/2014 21:22:55
Infelizmente essa é a mais pura realidade. Seria cômico se não fosse trágico. Todas as instituições do Estado, não só as da segurança pública, estão abandonadas. O governo pode até ter se preocupado com a infraestrutura de transporte e na mudança da matriz econômica do Estado, porém, sacrificou as instituições, principalmente as da segurança pública. É lamentável, pois tínhamos uma expectativa muito grande na atual gestão estadual, que não se concretizou e virou uma grande decepção. Enquanto isso, a politicagem corre solta e os funcionários públicos que querem trabalhar estão desmotivados e pensando seriamente em sair ou aposentar-se antecipadamente, pois estão desiludidos com a politica atual. Como dizia o Mielli: "É de morrer de rir, quando paramos pra pensar no que se passa por aqui."
 
nelson silva em 16/02/2014 13:47:00
Não sei qual a forma de dizer que não tem PM, não tem PF, não tem PRF, não tem POLICIA CIVIL, e ate o EXERCITO ta falindo. Ou não precisa nada disso? Vamos ficar naquela que o cidadão tem que ter consciência? Isso pelo que sei já caiu de moda faz tempo. Acorda segurança!! Tá na hora de se falar uma só língua.
 
Moises Batista em 16/02/2014 12:51:27
isso não é desabafo,é a realidade da segurança no interior só os políticos não querem ver ou não tem competência para resolver,mas pode deixar as eleições estão chegando e nós,enquanto sociedade,lembraremos disso.ACORDA MS.
 
altair ferreira da silva em 16/02/2014 08:31:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions