A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

25/01/2012 23:01

Égua é sacrificada após ser atacada na rua por pit bull em Corumbá

Elverson Cardozo
Égua estava prenha de cinco meses. (Foto: Anderson Gallo)Égua estava prenha de cinco meses. (Foto: Anderson Gallo)

Uma égua, prenha de cinco meses, foi atacada por um cão da raça pitbull nesta quarta-feira (25), na área central de Corumbá, município distante 419 quilômetros de Campo Grande. O animal foi sacrificado.

Veja Mais
Pajero com 5 passageiros sai da pista, capota e “sobe” em poste de energia
Mãe para velório e retira corpo da filha ao descobrir tentativa de aborto

O ataque aconteceu no cruzamento das ruas Major Gama e Cuiabá. A égua puxava carroça - que era conduzia por uma mulher e duas crianças – quando foi atingida.

“A gente estava virando a esquina para subir a rua e o cachorro veio”, contou a dona da égua ao site Diário Online.

Segundo a mulher, a carroça não chegou a virar. “Me abaixei nela e segurei meus netos”, completou. O ataque só terminou porque o cachorro foi ferido por populares.

Um médico veterinário do GAPA (Grupo de Apoio e Proteção aos Animais) de Corumbá e Ladário prestou atendimento à égua que teve a pata dianteira direita quebrada.

Devido a gravidade dos ferimentos, o animal foi sacrificado pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonozes), mesmo contra vontade dos donos. O pitbull foi encaminhado a uma clínica veterinária.

A ocorrência foi registrada no 1º distrito policial da cidade.




nao tenho nem q comentar essa raça e muito perigosa ja tem fama,aqui perto da minha casa a raça atacou uma criança de 4 anos arrancou o couro cabeludo da nuca isso por que foi de raspão, mas fora isso antes de acontecer ja tinha atacado matado um cachorro veio a policia ia levar o cachorro o dono nao quiz, esperou acontcer o pior pra deixar levar o cachorro poderia ate evitar o pior e acontecer.
 
Eliane dos santos em 28/01/2012 05:54:54
Até quando os criadores de pit bull, continuarão deixando essas feras soltas, e se fosse uma criança, que triste ver o animal agonizando!!!
 
daniela rodrigues em 26/01/2012 12:45:05
Até quando iremos ver esse tipo de coisa, cães dessa raça não poderiam existir, não é preconceito nenhum é só uma questão de prevenção, porque se os responsáveis tivessem o cuidado necessário fatos como esse não aconteceria, esses cães exige cuidados redobrados na custódia, são assassinos inclusive de seres "racionais" como os próprios donos.
 
Jorge Amorim em 26/01/2012 11:14:01
Isso não é cão. è uma aberração genética. E chega de balela que se for bem tratado fica manso. Até uma onça bem tratada fica mansa, mas é uma onça, uma fera que pode ser mortal. Proibição da criação dessa aberração já! E se possível sacrificar ou enjaular as já existentes. Podem ver quem cria as feras, geralmente são feras também, como lutadores de jiu-jitsu etc...Ou seja, é um pergio á sociedade
 
daniel cesar reis em 26/01/2012 10:18:46
vamos ver se as autoridades vão responsabilizar e punir esse dono do cão.e tem mais reaver outro animais a essa familia .
 
ronaldo ferreira bicalho em 26/01/2012 10:10:57
tinha que matar o cachorro.
 
Renato Marin em 26/01/2012 09:05:47
E que a justiça obrigue o dono irresponsável desse cachorro a ressarcir essa família.
 
andréia laura de moura cristaldo em 26/01/2012 03:11:08
Nem tinha necessidade de sacrificar o animal... credo esses veterinarios daqui nao sabem de nda. Acham o sacrificio o jeito mais facil ¬¬
 
Geicy Nunes em 26/01/2012 02:57:40
Isso é ultrajante! O dono do animal deveria ajuizar uma ação por danos materias e morais (pelo sentimento de perda do animal, num episódio traumático), exigindo reparação!
 
Jessica Machado Gonçalves em 26/01/2012 01:41:24
O mais triste é saber que os animais não tem culpa "Pit-bull", porque eles agem por impulso "é a lei da selva", quem tem que ser punido é o dono. O ser humano é o único culpado pela atitide dos animais.
 
estela algarve em 26/01/2012 01:24:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions