A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

18/08/2014 19:40

Em 4 dias de operação, PRF apreende 24 veículos e aplica 1,2 mil multas

Michel Faustino
Entre os 24 veículos apreendidos, 22 eram motocicletas. (foto:divulgação/PRF)Entre os 24 veículos apreendidos, 22 eram motocicletas. (foto:divulgação/PRF)

Ao final de quatro dias da Operação Falco, realizada pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Três Lagoas, a 338 quilômetros da Capital, foram apreendidos 24 veiculos e aplicadas aproximadamente 1,2 mil multas para condutores flagrados transitando com seus veículos de forma irregular nas rodovias federais, principalmente motocicletas. A operação foi deflagrada na última quinta-feira (14) e se encerrou nesta segunda-feira (18). 

Destas multas, 105 autos de infração foram por embriaguez e 703 por excesso de velocidade. Foram presos condutores que estavam dirigindo embriagados, recolhidas 94 carteiras nacional de habilitação e 81 documentos. Entre os 24 veículos apreendidos, 22 eram motocicletas. A PRF também fiscalizou ao todo 1.712 veículos, 1.718 pessoas e realizou 506 testes de etilômetro.

A maior parte das infrações foram constatadas no perímetro urbano da cidade, em uma extensão de apenas 10 quilômetros de rodovia federal, onde havia intensa concentração de motocicletas, inclusive em calçadas de postos de combustíveis e hotéis da cidade, em decorrência de um encontro de motociclistas que ocorreu na cidade este fim de semana.

De acordo com a PRF, os condutores utilizavam-se destes espaços para fazer ingestão de bebida alcoólica, manobras perigosas como "borrachão" e "zerinho", chegando ao extremo de estourar pneus de algumas destas motocicletas ao final da manobra.

Foi verificado ainda aglomeração excessiva de pessoas em cima da pista próximo a estes estabelecimentos, com a presença inclusive de crianças e adolescentes.

Motociclistas se aglomeraram em posto de gasolina  onde realizaram manobras perigosas (foto:divulgação/PRF)Motociclistas se aglomeraram em posto de gasolina onde realizaram manobras perigosas (foto:divulgação/PRF)
Prefeitura perde na Justiça e terá que pagar retroativos a professores
Em decisão tomada por unanimidade pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a prefeitura de Ivin...
Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, PMA apreende arma
Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, um...
Falso médico é acusado de matar paciente em hospital do interior
O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou à Justiça e pediu a prisão do falso médico Marx Honorato Ortiz. Ele teria atuado no Hospital Municipal ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions