A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

01/01/2014 12:38

Em briga por som alto, homem atira e bala perdida mata vizinha em Dourados

Filipe Prado
A mulher foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e Samu (Foto: Cido Costa)A mulher foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e Samu (Foto: Cido Costa)

Uma mulher de 40 anos morreu com dois tiros, após presenciar briga de vizinhos por volume alto. O crime aconteceu por volta das 23h de ontem (31) no bairro Vila Erondina, em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
Pistoleiro morre baleado durante confronto com a polícia do Paraguai

Segundo informações do site Dourados Agora, um rapaz de 32 anos realizava uma festa em sua casa, por conta do som alto, um homem de 30 anos, que seria seu vizinho, foi até a casa dele tirar satisfações a respeito do volume alto.

Com isso os dois começaram a discutir, levando a agressão. De acordo com o Dourados Agora, o rapaz, 30 anos, levou algumas pauladas na cabeça. E durante a briga, o dono da casa pegou uma arma e efetuou os disparos contra o vizinho, mas acabou acertando uma mulher que estava no local.

Os disparos atingiram o olho esquerdo e o tórax da vítima. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas morreu a caminho do hospital.

Por ser ferido por pauladas, o rapaz foi atendido e liberado, mas atirador fugiu.

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



é verdade meus amigos, eu tanbem passo por isso aqui em minha rua tem uns sujeito que pensam que são o dono do mundo .todo o feriado e toda sexta feira a noite e no sabado é até amanhecer e no domingo pra encerrar a bagunça ainda vai até as 3 horas da manhã é uma barbaridade isso e tem 3 turmas só na minha rua que é desse jeito.
turma de mal educado drogados maconheiros e sem respeito com nós que samos vizinhos e com certeza um dia eles tambem vão ficar velhos e estarão colhendo tudo o que estão plantando agora. pois a nossa cidade só tem lei e obrigação para a gente pagar os impostos e nada mais.
não adianta a gente ligar o pedir por favor para a policia passar nessas horas e tomarem uma providencia ,pois eles tambem não querem mais nada com nada essa é a realidade infelizmente.
 
wanderlei sommer em 04/01/2014 10:02:01
É lamentável mesmo vizinhos sem respeito as pessoas, meu vizinho que deveria ser um exemplo por ser um guarda patrimonial escuta exageradamente som altissimo nao se importando nem um pouco com o horário exagerado, domingo 02:00hs com certeza ele deve estar de folga e acordar tarde , ele deveria ter consciência que um dia terá netos e ele mesmo vai se tornar um idoso, como tudo que plantamos colhemos, sua colheita um dia chegará...
 
arlete benites em 02/01/2014 08:55:43
Concordo com o Jorge JR, até quando pessoas vão morrer por querer um pouco de paz.
Se tivesse uma lei bem rigorosa com relação ao silêncio e se pudessemos contar com a força policial, toda vez que solicitamos, talvez esse individuos respeitassem o ouvido dos outros. Isso só tem aqui no MS mais precisamente em Campo Grande. Tenho viajado bastante e é um sossego em outros estados. Autoridades de MS, por favor, faça valer a lei do Silêncio.
 
TEREZINHA DE OLIVEIRA em 02/01/2014 08:49:12
É lamentável mas as pessoas não aprendem a respeitar seus vizinhos. Incomodam crianças recém nascidas, pessoas em recuperação de cirurgias, idosos que custam pegar no sono, vigilantes noturnos, médicos e policiais que precisam dormir de dia para trabalhar a noite.
O resultados é o confronto desmedido e a desgraça na sociedade.
Tudo por falta de bom senso.
Um inconveniente e um criminoso.
 
Domicio Junior em 01/01/2014 19:30:50
eta povo ignorante esse do som alto. Tinha que confiscar o aparelho deles e destruir tudo a machadadas!!! PARA DE OUVIR BARULHO ALTO, POMBAS!
 
Jose Goncalves Ferreira em 01/01/2014 17:28:32
Isso acontece pela falta de ação por parte do setor de Segurança Pública. Se a Lei existe, a aplicação tem que ser feita pelas autoridades policiais, que não fazem nada para impedir esses de achar que temos que ouvir esses tum, tum, tum idiota de uns caras sem noção. SE A PM AGISSE NÃO TERÍAMOS ESSA BADERNA NOS BAIRROS E RUAS DAS CIDADES.
 
Jorge Junior em 01/01/2014 13:24:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions