A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

26/04/2012 19:01

Em Itaporã, Polícia prende traficante suspeito de tramar morte de juiz

Viviane Oliveira
Foram apreendidos na casa do casal armas, droga, joias, televisores, capacetes, documentos e duas balanças. (Fotos: divulgação)Foram apreendidos na casa do casal armas, droga, joias, televisores, capacetes, documentos e duas balanças. (Fotos: divulgação)
Luciano foi preso em flagrante em uma chácara na manhã de hoje. Luciano foi preso em flagrante em uma chácara na manhã de hoje.

Foi preso na manhã desta quinta-feira (26), um casal acusado de tráfico de drogas e de tramar a morte de um juiz, em Itaporã, cidade distante 272 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Bonito é eleito o segundo destino mais "queridinho" por turistas em 2017
Europeus querem boicote à soja por genocídio indígena, diz deputado

De acordo com o site Itaporã Hoje, a Polícia já vinha a mais de seis meses monitorando Luciano Akira de Amaral, 35 anos, e Adailza Menanine da Silva, 23 anos, acusados de tráfico internacional de drogas, associação ao tráfico e porte ilegal de arma de uso restrito.

O delegado Wisnton Ramão Albres Garcia, disse que havia recebido uma informação de que Luciano tramava a morte do juiz da comarca, Adriano da Rosa Bastos. No depoimento a Polícia Luciano negou.

O casal foi preso em flagrante às 6 horas na chácara Santa Helena, na região do Bandeirantes no município de Itaporã, próximo a reserva indígena de Douração. Durante a ação policial foi cumprido mandado de busca e apreensão, expedido pelo juiz Adriano.

Na residência do casal, a polícia apreendeu um quilo de cocaína, 100 gramas de maconha, 30 gramas de crack, parte da droga já embalada em várias trouxinhas pronta para venda, duas balanças de precisão possivelmente usadas para pesar droga.

A Polícia encontrou também uma pistola de calibre nove milímetros de uso restrito, um revolver calibre 22, uma pistola de brinquedo, e munições de calibre 22, que estavam numa caixa em um dos quartos da casa.

Também foram apreendidos televisores, capacetes, receptadores de antena parabólica, vários documentos de veículos e motos, certa quantidade de dinheiro, ouro derretido e também uma motocicleta, que segundo a Polícia, era usada como meio de transporte do casal para o tráfico.

Segundo o delegado, por medidas de segurança, o acusado deverá ser transferido para um presídio, a pedido da justiça.

Passagens - O homem foi preso em 2002 por tráfico, condenado há sete anos, cumpriu parte da pena preso e aguardava recurso. Ele foi autuado em flagrante, novamente, acusado de tráfico e porte de arma de fogo de uso restrito. A mulher dele foi autuada por associação ao tráfico.

Luciano também foi autuado há cerca de dois anos quando manteve refém o filho, então com um ano de idade, no banheiro da casa da ex-mulher, em Itaporã.




Ta na hora de acabar com esses vagabundos em itaporã pq a cidade não merece esse tipo de pessoas.......PARABENS A POLICIA QUE AGIL RAPIDO.esse safado tem que ficar na cadeira o resto da vida.
 
Robson Borges em 26/04/2012 09:40:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions