A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

10/03/2011 15:35

Em Ribas do Rio Pardo, presa estelionatária que aplicava golpe em nome do Detran

Viviane Oliveira

Em 2010 mais de 100 pessoas caíram no golpe da estelionatária

Na residência de Luciene foram encontradas comunicações de infrações, CNHs vencidas, fotocópias e documentos que ela aplicava em nome do Detran.(Foto: Assessoria Polícia Civil)Na residência de Luciene foram encontradas comunicações de infrações, CNHs vencidas, fotocópias e documentos que ela aplicava em nome do Detran.(Foto: Assessoria Polícia Civil)

Luciene Rodrigues da Silva, 39 anos, foi presa acusada de estelionato em Ribas do Rio Pardo, cidade distante 103 quilômetros de Campo Grande. Elenice vinha sendo investigada há três meses, e na cidade utilizava o nome de Thalita. A prisão aconteceu na última sexta-feira (4), mas só foi divulgada hoje pela Polícia Civil.

Luciene agia desde 2009, em 2010 mais de 100 pessoas caíram no golpe da estelionatária que prometia entrega de CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) de forma facilitada, quebra de multas, autorização para exploração do transporte clandestino entre Campo Grande e Ribas do Rio Pardo. Ela cobrava para expedição dos documentos R$ 800 a R$ 1800.

As vítimas na maioria são pessoas simples e humildes do Assentamento Mutun e algumas não alfabetizadas. Na residência de Luciene foram encontradas comunicações de infrações, CNHs vencidas, fotocópias e documentos que ela aplicava em nome do Detran (Departamento Estadual de Trânsito. Luciene está presa no presídio feminino de Campo Grande.

Prefeitura perde na Justiça e terá que pagar retroativos a professores
Em decisão tomada por unanimidade pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a prefeitura de Ivin...
Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, PMA apreende arma
Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, um...
Falso médico é acusado de matar paciente em hospital do interior
O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou à Justiça e pediu a prisão do falso médico Marx Honorato Ortiz. Ele teria atuado no Hospital Municipal ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions