A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

10/07/2013 06:49

Enfermeiros voltam a fazer protesto por redução de jornada em Dourados

Francisco Júnior
Manifestação aconteceu na noite de ontem. (Dourados Agora)Manifestação aconteceu na noite de ontem. (Dourados Agora)

Enfermeiros voltaram a protestar no centro de Dourados, pela terceira vez. No início da noite de ontem (9) a categoria se reuniu na praça Antônio João, dando início a uma passeata até a Câmara Municipal.

Veja Mais
PF apreende 60 kg de cocaína e prende traficante de 28 anos na MS-164
Escritor douradense lança na terça livro sobre 40 anos de carreira

Segundo o site Dourados Agora, os enfermeiros querem jornada de 30 horas semanais. A proposta é de se criar uma lei municipal que garanta a regulamentação da atividade no município que hoje abrange mais de 2 mil profissionais. Para isto, eles estão chamando os vereadores de Dourados para o debate.

Ainda conforme o site, os profissionais denunciam jornada exaustiva de trabalho em Dourados, além de desmotivação e desvalorização salarial. A categoria diz que não vai parar as manifestações enquanto um projeto de lei não for elaborado no município. A intenção é de que esta regulamentação saia do papel no mais tardar até o final deste ano.

Segundo os enfermeiros, em nível nacional a categoria reivindica piso de R$ 4,6 mil para o enfermeiro, R$ 3,2 mil para o técnico de enfermagem e R$ 2,3 mil para os auxiliares. O Projeto de Lei está no Congresso há 13 anos para ser votado, mas não sai do papel. Enquanto isso, em Dourados, a categoria é remunerada com salários entre R$ 700 (Técnico) e R$ 1,2 mil e R$ 1,4 mil (enfermeiro) na rede municipal.

Escritor douradense lança na terça livro sobre 40 anos de carreira
Será lançado na próxima terça-feira (6) em Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - o livro "A Felicidade pela Literatura: Ensaio entr...
Comércio de Ponta Porã funcionará em horário especial neste fim de ano
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
MPF entra com ação para garantir pesca e extração à comunidade ribeirinha
Foi ajuizada ação civil pública pelo MPF (Ministério Público Federal) para garantir o direito a pesca de subsistência e extrativismo sustentável da c...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions