A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

29/04/2012 08:00

Errata: Dentista não foi citado em operação da Polícia Federal em Dourados

Marta Ferreira

Em notícia divulgada no dia 10 de fevereiro de 2010 pelo Campo Grande News foi informado erroneamente o nome da pessoa que havia impetrado pedido de habeas corpus ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Veja Mais
Vereador é internado após AVC e boatos de morte causam confusão
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas

Constava da notícia que o empresário Marcelo Kanomata tinha sido citado em investigação da PF (Polícia Federal) na operação "Bola de Fogo" e contestava no STF as provas obtidas por escutas telefônicas.

O nome correto é Márcio Kanomata, que era empresário a época. O outro ‘Kanomata’ é servidor público estadual e não tem nenhum antecedente criminal.

A errata está sendo publicada por decisão judicial. A determinação é que a retratação seja noticiada por 30 dias consecutivos. Também por ordem da Justiça a matéria que consta a informação ncorreta foi retirada da listagem de últimas notícias do Campo Grande News*.

A reportagem esclarece que nas demais matérias sobre a operação Bola de Fogo o nome do investigado foi noticiado corretamente.

A ação da PF aconteceu em 2007 e investigou e desmantelou um esquema de contrabando de cigarros com desdobramentos em Mato Grosso do Sul e mais 11 estados. O produto vinha do Paraguai e abastecia um mercado ilegal nas regiões centro-oeste, sul e sudeste.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions