A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

29/04/2011 15:59

Escola estadual cobra taxa para alunos fazerem prova em Nova Andradina

Fabiano Arruda

Custo é de R$ 1 por disciplina para cerca de 600 estudantes do ensino médio

Diretores da escola minimizam a cobrança e afirmam que a decisão é da comunidade escolar.Diretores da escola minimizam a cobrança e afirmam que a decisão é da comunidade escolar.

A Escola Estadual Professora Nair Palácio de Souza, que trabalha com estudantes das séries do Ensino Fundamental e Médio, em Nova Andradina, cobra R$ 1 de cada aluno para aplicar provas.

Uma aluna da escola, de 16 anos, confirmou a cobrança da taxa, que é paga para 12 disciplinas.

Diretores admitem a cobrança e justificam que não há recurso suficiente para tirar cópias. A taxa é recolhida, anualmente, para os cerca de 600 estudantes matriculados no ensino médio, em que as provas geralmente trabalham com questões longas, extraídas de vestibulares.

Desta forma se cada aluno pagar R$ 1 por 12 disciplinas, num total de 600 estudantes, os valores arrecadados somam R$ 7,2 mil anuais.

O diretor da escola, Acácio Luiz Sampaio, confessa que, caso o aluno não faça o pagamento, tem de copiar a prova a mão. “A taxa é para todos os tipos de prova. É importante dizer que isso foi uma decisão da comunidade escolar”, explicou, afirmando que a escola oportuniza as cópias para atividades extras.

“A reclamação geralmente vem de um ou dois pais. A maioria concorda”, minimizou.

A diretora-adjunta da escola, Tânia Filomena Colato, afirmou que a taxa é consenso de assembleia geral, realizada uma vez por ano, entre pais e escola. Os pais não são obrigados a pagar. “Não há nada irregular”, garantiu Tânia.

A secretária Estadual de Educação, Nilene Badeca, disse que a cobrança, em princípio, é ilegal. “A escola recebe recurso para comprar material, tem máquina de Xerox e cota mensal de papel para reprodução das provas”, explica.

No entanto, Nilene comenta que, caso a cobrança seja decidida entre os pais e ocorra de forma voluntária, não há irregularidade.

Questionada se o aluno não puder pagar a taxa, a secretária é enfática: “aí a escola é obrigada a fornecer material para que o estudante não seja prejudicado”.




Sou munícipe de Nova Andradina há 30 anos, mãe de aluno da Escola Nair Palácio e representante dos pais no colegiado escolar e vou sair em defesa da escola.
Primeiro em todas as escolas os pais sempre tiveram que arcar com o material escolar, isso é fato, entre eles eu sempre comprei resmas de papel sufite. Nas escolas estaduais desde o ano passado, o governo esta dando o kit escolar e uniforme, o que nos fez uma grande economia.
Eu sempre estudei em escolas públicas, sempre copiei minhas provas e nunca vi problema nisso, já na forma de atuação de Escola Nair Palácio eles visam preparar o aluno para o vestibular, trabalhando com questões de vestibular, que geralmente são maiores, desta forma que propuseram aos pais que ajudassem com R$ 12,00 ao ano para a impressão dessas cópias, e foi aceito por unanimidade pelo colegiado escolar.
Tenho pra mim que além do governo, os pais são os principais responsáveis pela educação dos seus filhos, e tem que haver um compromisso e investimento nesse sentido.
A Escola Nair Palácio em minha opinião é a Escola pública com cara de escola particular, pela sua estrutura sempre muito bem cuidada, o conteúdo aplicado e os Professores e Direção comprometidos com a educação, isso faz com que o aluno tenha orgulho em estudar em escola pública.
 
Rita de Cássia em 10/05/2011 08:10:33
Pobreza de espírito, caro amigo Lopes Lima, É NUNCA LUTAR PRA TER SEUS DIREITOS RESPEITADOS!!!
Pobreza de espírito, é aceitar sem contestar ou duvidar!
Pobreza de espírito, é tentar desanimar quem está na luta, simplesmente por você não ter coragem de lutar!
 
Alberto Silvio em 02/05/2011 10:56:35
Parabéns, Secretária Estadual de Educação, Srª Nilene Badeca... "...EM PRINCÍPIO, É ILEGAL..." "...CASO SEJA DECIDIDA ENTRE OS PAIS E OCORRA DE FORMA VOLUNTÁRIA, NÃO HÁ IRREGULARIDADE."
Isso tá me cheirando a JEITINHO BRASILEIRO!

Algo ilegal... Decidido pelos pais...

Ah, secretária, faça-me o favor! VOLUNTÁRIO??? É claro que é voluntário! Se não pagar, tem que copiar! NÃO HÁ ALTERNATIVAS!

Parabéns a essa estudante que denunciou! Tem que reclamar seus direitos mesmo!

"Quem não luta por seu direito, não tem o direito de tê-lo!"
 
Jucilene de Almeida em 02/05/2011 10:01:26
Ninguém é obrigado a pagar, né Talita Vasconcelos... MAS QUEM NÃO PAGA, TEM QUE COPIAR! Pagando, vc tem a prova em melhor qualidade??? Onde já se viu isso? A escola é pública. DE GRAÇA, E COM QUALIDADE JÁ!
 
Letícia Félix de Andrade em 02/05/2011 09:41:12
Talita Vasconcelos Lopes, já que sua mãe participou da APM da tal escola, pergunte a ela se EDUCAÇÃO PÚBLICA deve ou não ser GRATUITA.
Se os pais acordaram isso, devem ESTES PAIS, arcar com as responsabilidades. Se UM pai discordou, deve ter seus motivos, e estes devem ser respeitados!
Diretores da escola, sejam sábios: APROVEITEM A OPORTUNIDADE QUE ESTA ESTUDANTE LHES ESTÁ PROPORCIONANDO! Cobrem do Poder Público aquilo que lhes é garantido por direito!
Não vou nem comentar o fato de exporem os estudantes dessa forma ridícula!
Parabéns à essa estudante que denunciou essa situação deplorável!
 
Promotor Rogério do Carmo em 02/05/2011 09:29:27
Cobrem R$1,00 da merenda tambem.
 
leticia mello em 02/05/2011 02:05:53
É lamentavel a desconfiança de pequena parte da sociedade local, com relação a colaboração de 1,00, para ajudar nas despesas de xerox de provas. Na verdade, o governo não investe como deveria na educação e, isso em , todo o Estado, então até para cópias as coisas ficam dificeis, agora esses que reclamam da colaboração de 1,00, provavelmente não pensam no futuro de seus filhos,,não estão gastando ,é investimento, com certeza muitos desses que estão reclamando não se importam em gastar com cigarro,,bebidas etc. Mão na consciência gente, depois não adianta ficar chorando pelo futuro de seus filhos isso é pobreza de espirito.
 
lopes lima em 01/05/2011 07:57:46
Sou aluna da escola e não somos obrigados a pagar, mas concordo em pagar, pq assim temos as provas em melhor qualidade porque o tempo que era pra copiar eu tenho pra pensar e responder. Não sei porque essa zuera por causa de um real.
 
Talita Vasconcelos Lopes em 29/04/2011 10:25:35
A denúncia é completamente injusta, tenho filha que estuda nessa escola, tenho filho que já terminou o ensino médio e confirmo as palavras da direção da escola, que tudo foi decidido em reunião geral de pais. Também já participei da APM da escola e posso testemunhar a seriedade com que é distribuído os recursos recebidos.
 
Maria Aparecida Alves Vasconcelos Lopes em 29/04/2011 10:20:21
No meu tempo de ensino médio a gente pagava, mais se pudesse um valor de R$ 0,10, caso contrário fazia a prova do mesmo jeito, agora R$ 1,00 e a escola diz não ter recurso, alguma coisa ta muito errada por ai.
 
Oswaldo Benites em 29/04/2011 09:40:38
A cota do professor tem quer ser vista direito, a muito bem pra tirar as provas, se um professor não puder tirar xerox da prova, onde estão indo as copias??? é só fiscalizar essas copias...
 
Luis da Silva em 29/04/2011 04:46:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions