A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

23/05/2012 12:57

Escrivão de Polícia Civil está preso por morte de jovem em Dourados

Nadyenka Castro

Ele a matou com tiros da pistola ponto 40 que utilizava em serviço

Escrivão de Polícia Civil de Dourados, município que fica a 233 quilômetros de Campo Grande, está preso pelo assassinato de Sandi Loana Honório Cardoso.

A jovem, que era de Maracaju, foi vista pela última vez em 27 de novembro do ano passado. No dia 26 de abril deste ano, cinco meses depois, trabalhadores encontraram ossada humana às margens da MS-162.

Próximo aos ossos foram encontrados dois projéteis e cápsulas de pistola ponto 40, arma de uso exclusivo da Polícia.

Foi feito exame de balística, que indicou que os tiros saíram da arma do escrivão. Ele está preso em Campo Grande.

Reconhecimento das roupas de Sandi e exame de DNA confirmaram que a ossada era dela.

O delegado de Polícia Civil Luis Augusto Milani vai falar sobre o caso em entrevista coletiva nesta quinta-feira, às 15 horas, na Delegacia Geral de Polícia Civil, Parque dos Poderes, em Campo Grande.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions