A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

07/01/2011 12:05

Escrivão de polícia de Coronel Sapucaia é preso por suspeita de pedofilia

Ricardo Campos Jr.

O escrivão de Polícia Civil Nicodemos Moura Rodovalho, que atua na delegacia de Coronel Sapucaia, distante 400 quilômetros de Campo Grande, foi afastado do serviço e preso ontem (6), sob suspeita de prática de pedofilia.

O caso é apurado pela Corregedoria da Polícia Civil. O escrivão foi trazido a Campo Grande onde será ouvido.

A prisão envolveu trabalho conjunto das policias Militar, Civil e DOF (Departamento de Operações de Fronteira). O acusado estava na delegacia de Coronel Sapucaia em que atua como escrivão.

Nicodemos, que é formado em jornalismo, é acusado de manter relações sexuais com adolescentes e de mandar espancar uma das vítimas após depoimentos contra ele.

A Corregedoria da Polícia Civil não quis comentar o caso. A assessoria de imprensa da Polícia Civil confirmou a investigação, sem dar detalhamento.

(Com informações do Aral Moreira News)




Cadeia ,merecem ficar atras das grades,, sera que esse SER nao sabe qtas casas de programa existem por ai ? quantas mulheres da vida existem ai facil facil, que leva vida praticando sexo como profissao, ta insatisfeito vai la boate pede servico paga por isso, agora vem usar adolescentes, criancas um absurdo isso , tem ser punido mesmo,
 
rosely leonel em 26/01/2011 04:54:39
é verdade, não devemos culpar os policiais, em sim as pessoas de má índole ,como ele, acho que isso é de famíla, pois o irmão dele, Domingos, que era agente penitenciário, tb foi preso pelo mesmo crime, hj está em liberdade condicional pra achar a próxima vítima, bando de calhordas, ele e o irmão dele tem que apodrecer na cadeia,ou ser mandados para outro país que tenha pena de morte, seria a solução mais óbvia.
 
Maria Cristina de Albuquerque em 10/01/2011 03:53:18
Pedófilos existem em todos os seguimentos de nossa sociedade infelizmente. Culpar a polícia, generalizando, eu acho injusto e equivocado, mesmo porque a prisão envolveu trabalho conjunto das policias Militar, Civil e DOF, mostrando que a maioria busca fazer o seu trabalho com maestria. Parabéns pelo trabalho. O problema agora é lá na esfera judiciária, com leis que estão imcompletas, daqui uns tempos esse cara estará fora da cadeia graças à maioria dos políticos que em vez de aumentar seus salários, deveriam estar revendo as leis que beneficiam esses malandros.
 
Katia Rosana em 07/01/2011 11:55:02
Olá Célio e Ana, Discordo de vocês. Me parece que a evolução ainda não ocupou espaço em vossas mentes. Em todos os ramos da sociedade sempre existiu pessoas que destoam de forma negativa em relação a outras. Olhem para seus arredores e verás que a sociedade não é perfeita, sendo assim poderão perceber que seus próprios vizinhos, a escola em que você estudou ou seus filhos estudam, a igreja em que você frequenta, no seu local de trabalho, seus amigos e amigas, etc... alguém sempre se destoará negativamente. Assim minha cara e meu caro, não é diferente com as instituições de segurança pública. O efetivo que compõe o interior de nosso estado não tem que reciclar seus agentes e sim, identificar e banir da instituição maus profissionais que infelizmente existem, porem fazem parte de uma pequena parcela que com seus atos denigrem a imagem de uma brilhante estrutura que se criou ao longo dos tempos, a saber, os policiais de todo esse nosso Brasil.
 
Claudeci Florencio. em 07/01/2011 08:15:34
Realmente em todos os municípios do interior so vem policia refugo....e por cima bandido...nos brasileiros e moradores do interior estamos cansado de tudo isso...
 
Ana Barbosa em 07/01/2011 04:25:41
Tem que ser feito uma reciclagem nesse policiamento do interior. A polícia deveria representar o bem estar da comunidade e não impor, com o abuso de poder o medo.
 
Celio Barbosa em 07/01/2011 01:05:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions