A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

19/01/2015 11:53

Estado transfere 77 detentos de presídio após ameaças de rebelião

Priscilla Peres
Presos foram transferidos após ameaças de rebelião. (Foto: Ricardo Ojeda/Perfil News)Presos foram transferidos após ameaças de rebelião. (Foto: Ricardo Ojeda/Perfil News)

Após ameaça de rebelião com quebra-quebra, 77 presos da Penitenciária de Segurança Média de Três Lagoas - distante 338 km de Campo Grande, foram encaminhados para outras unidades. Desses, 46 fora removidos e 31 transferidos em menos de 10 dias.

Veja Mais
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
Carreta transportando combustível bate em carro e uma pessoa morre

De acordo com o Perfil News, a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) informou que a retirada desses presos da penitenciária de Três Lagoas foi um plano estratégico de segurança, já que muitos exigiam a retirada de detidos acusados de estupro.

Os 46 removidos são acusados de crimes sexuais, que foram expulsos no dia 7 deste mês, por internos, que de acordo com a Agepen, fazem parte de uma liderança negativa. Os expulsos foram removidos para delegacias de Três Lagoas, Brasilândia e Cassilândia.

Já os presos que compõe essa liderança negativa, foram transferidos para a Penitenciária de Segurança Máxima, de Campo Grande, e para o Presídio de Dourados, depois de terem ameaçado fazer rebelião no presídio de Três Lagoas caso os acusados de crimes sexuais não fossem retirados.

A última transferência aconteceu na última sexta-feira (16), quando 11 internos da penitenciária de Três Lagoas, considerados parte da liderança negativa, foram para o Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions