A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

20/07/2013 16:51

Ex-presidiário paraguaio é alvejado com 16 tiros de pistola em Ponta Porã

Evelyn Souza
Vítima foi alvejada com 16 disparos de pistola 9mm. (Foto: Pedro Juan News)Vítima foi alvejada com 16 disparos de pistola 9mm. (Foto: Pedro Juan News)

O ex-presidiário, Isidro Cardoso, de 41 anos foi alvejado com 16 disparos de pistola 9mm, na tarde dessa sexta-feira (19), em Ponta Porã.

Veja Mais
Fiems pede que governo mantenha contratos de incentivos fiscais
Reinaldo chega a Dourados para lançamento e entregas de obras

Segundo o Jornal da Nova/TL, Isidro que era Paraguaio, seguia em uma motocicleta estrangeira na Rua Piauí, no Bairro São Domingos, quando foi interceptado por uma dupla de pistoleiros.

A vítima havia saído recentemente da Penitenciária Pedro Juan Caballero, onde cumpria pena por assaltar uma casa de câmbio.

O paraguaio Mauro Jara Freitas, de 29 anos e o brasileiro EmersonVilhalva Pavão, de 19 anos foram presos horas depois, como suspeitos de envolvimento no crime.

Para a Polícia, Mauro disse que matou Isidro porque ele se recusou a aceitar um objeto roubado.

Os autores estão detidos na delegacia do Paraguai.




Vamos ver se eu entendi direito! Os autores estão em território brasileiro e o crime foi cometido aqui também. Então o porque de os mesmos após serem presos serem entregues a polícia paraguaia? Criminosos e veículos roubados que lá estão o governo deles não devolvem, deveríamos tratar com a mesmo moeda!
 
Alexandre de Souza em 20/07/2013 17:44:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions