A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

19/03/2015 12:14

Funcionários da Eldorado aceitam reajuste de 7% com 63% de aprovação

Caroline Maldonado
Empregados da Fibria também já se conformaram com a proposta, mas os da International Paper aguardam decisão judicial (Foto: Divulgação/Sititrel)Empregados da Fibria também já se conformaram com a proposta, mas os da International Paper aguardam decisão judicial (Foto: Divulgação/Sititrel)

Após oito meses de negociação e briga na Justiça, funcionários da indústria de celulose Eldorado Brasil aceitaram o reajuste de 7 % proposto pela empresa em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. Os empregados da Fibria também já se conformaram com a proposta, mas os da International Paper aguardam decisão judicial, na esperança de conseguir 8,33 % de aumento.

Veja Mais
Após briga na Justiça, funcionários da Fibria aceitam reajuste de 7 %
Fibria faz projeto de R$ 8 bilhões para dobrar produção de celulose

De acordo com o Sititrel (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose), as empresas ofereceram melhorias no ticket alimentação e abono. Na Eldorado Brasil, 63 % do 747 trabalhadores aceitaram a proposta.

Foram 476 funcionários a favor e 270 contra os 7 %. Na Fibria, 53 % aceitou a proposta da empresa. Foram 174 votos a favor do reajuste, contra 148 descontentes, 2 nulos e 1 branco, totalizando 325 votos.

O presidente do Sititrel, Almir Morgão, entendeu o posicionamento da categoria, mas disse que um abaixo-assinado motivou os funcionários a aceitar a proposta. “Sabemos que este abaixo-assinado não partiu diretamente dos trabalhadores. Mas, entendemos que a demora na justiça cansou as pessoas que preferiram aceitar a proposta feita pelas empresas”.

Em setembro do ano passado, os empregados das três indústrias fizeram manifestações resistindo ao reajuste oferecido. O sindicato passa agora a focar nos acordos de 2015, que têm início no mês de maio.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions