A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

17/09/2014 17:03

Garoto de 17 anos se apresenta e confessa assassinato e tentativa de homicídio

Helio de Freitas, de Dourados

Um adolescente de 17 anos se apresentou nesta quarta-feira na Delegacia Especializada no Atendimento à Infância e Juventude de Dourados e confessou ter matado um rapaz e ferido outro a tiros na noite de sábado para domingo. Os crimes ocorreram na área central.

Veja Mais
Pela 3ª vez, transportador é flagrado levando carne sem nota de MS para o PR
Agricultura familiar é base de projeto social que distribui cestas de alimentos

Leonardo Ximenes Barbosa, 18, morreu após ter atingido com um tiro no peito, no cruzamento da avenida Marcelino Pires com a rua Quintino Bocaiúva, onde um grande número de pessoas se reúne nos finais de semana para beber.

A poucas quadras do local, na rua Joaquim Teixeira Alves, Rodrigo Aparecido de Souza, 23, conhecido como “Bad Boy”, foi encontrado caído, com ferimentos de bala na barriga, nas duas pernas e no braço esquerdo.

Acompanhado de advogado, o menor disse que atirou para se defender e que as duas vítimas também atiraram. Ele negou que estivesse numa moto Honda Falcon, conforme afirmaram testemunhas presentes no momento dos fatos. Também alegou ter perdido durante a fuga a arma usada no tiroteio.

O adolescente contou em seu depoimento que já tinha uma rixa antiga com Leonardo e Rodrigo e disse que na noite de sábado os dois estavam numa Saveiro e teriam feito gestos ameaçadores ao passar por ele, que afirmou estar de bicicleta. Segundo a versão, os dois amigos já teriam tentado matá-lo anteriormente.

Ainda conforme a versão do menor, os dois teriam descido do carro e partido em sua direção armados, quando teria ocorrido a troca de tiros. O adolescente disse que os dois também atiraram, mas ele não foi atingido.

Testemunhas ouvidas pela polícia no dia do ocorrido contaram que Leonardo foi atingido no peito pelo condutor de uma moto Honda Falcon. Já Rodrigo teria sido baleado em seguida a alguns metros do local, também por um motociclista pilotando uma moto com as mesmas características. Em nenhum dos casos havia relato de troca de tiros.

Após ser ouvido pelo delegado José Jorge Cury o adolescente foi liberado. Os crimes estão sendo investigados pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais), da Polícia Civil. Rodrigo Bad Boy continua internado no Hospital da Vida e seu estado é considerado grave.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions